Tribuna Expresso

Perfil

Futebol internacional

Messi condenado a 21 meses de prisão por fraude fiscal

É o “El País que avança a notícia. Em causa estão 4,1 milhões de euros não declarados pelo jogador argentino. Por ser uma condenação inferior a dois anos, a pena pode ser suspensa

Expresso

David Ramos

Partilhar

O El País avança que o Supremo Tribunal espanhol ratificou a sentença de 21 meses de prisão que havia sido imposta em julho de 2016 “ao avançado do Barcelona por defraudar 4,1 milhões de euros às Finanças nos exercícios de 2007, 2008 e 2009 e de não ter tributado em Espanha as receitas de 10,1 milhões recebidos pelos direitos de imagem durante esse período”.

O tribunal recusou os recursos “apresentados pelos advogados de Messi e do seu pai” e considera que os dois cometeram fraude fiscal. O “El País” refere ainda, que por ser uma “condenação inferior a dois anos”, a pena de prisão de Messi pode ser suspensa.