Tribuna Expresso

Perfil

Futebol internacional

Presidente da Federação Espanhola de Futebol demite-se dos cargos na UEFA

Segundo a agência EFE, Angel Villar, presidente da Federação Espanhola de Futebol e que se encontra em prisão preventiva, demitiu-se através de uma carta dirigida ao presidente da UEFA

Lusa

FABRICE COFFRINI/Getty

Partilhar

A UEFA anunciou esta quinta-feira que o vice-presidente Angel Maria Villar, preso em Espanha por suspeitas de corrupção, se demitiu do cargo de vice-presidente e da Comissão Executiva da organização.

Segundo a agência EFE, Angel Villar, presidente da Federação Espanhola de Futebol e que se encontra em prisão preventiva, demitiu-se através de uma carta dirigida ao presidente da UEFA, Aleksander Ceferin.

“Ele apresentou a demissão como vice-presidente da UEFA e de membro da Comissão Executiva, com efeito imediato”, pelo que “já não exerce funções oficiais”, disseram à EFE fontes oficiais da organização.