Tribuna Expresso

Perfil

Futebol internacional

Dois portugueses na lista FIFA de melhores treinadores do ano

José Mourinho e Leonardo Jardim são dois dos 12 nomeados pela FIFA para treinador do ano

Expresso

José Mourinho venceu a Liga Europa com o Manchester United em 2016/17

Dan Mullan/Getty

Partilhar

Sempre entre os melhores. Há dois treinadores portugueses nomeados para treinador do ano (ou melhor, da época 2016/17), nos prémios FIFA, que serão entregues a 23 de outubro: José Mourinho e Leonardo Jardim.

O treinador do Manchester United conquistou a Liga Europa com a equipa inglesa logo na sua época de estreia em Old Trafford, arrecadando também a Supertaça Inglesa e a Taça da Liga .

Já o treinador do Mónaco conseguiu o feito de se sagrar campeão francês, mesmo perante o rival milionário, o PSG - algo que não acontecia há 17 anos.

A lista de nomeados foi compilada segundo as sugestões de um painel de "lendas da FIFA", isto é, ex-jogadores. O vencedor será escolhido através de um processo que inclui votos dos adeptos, através do site da FIFA, assim como votos de selecionadores, capitães e uma seleção de jornalistas de todo o mundo.

Os nomeados

Massimiliano Allegri (ITA - Juventus)
Carlo Ancelotti (ITA - Bayern Munique)
Antonio Conte (ITA - Chelsea)
Luis Enrique (ESP - Barcelona)
Pep Guardiola (ESP - Manchester City)
Leonardo Jardim (POR - AS Mónaco)
Joachim Low (ALE - Alemanha)
José Mourinho (POR - Manchester United)
Mauricio Pochettino (ARG - Tottenham)
Diego Simeone (ARG - Atlético Madrid)
Tite (BRA - Seleção do Brasil)
Zinedine Zidane (FRA - Real Madrid)

Mais prémios

No que diz respeito ao futebol feminino, os treinadores nomeados foram os seguintes: Olivier Echouafni (França), Emma Hayes (Chelsea), Ralf Kellermann (Wolfsburg), Xavi Llorens (Barcelona), Nils Nielsen (Dinamarca), Florence Omagbemi (Nigéria), Gerard Precheur (Lyon), Dominik Thalhammer (Áustria), Sarina Wiegman (Holanda) e Hwang Yong-Bong (Coreia do Norte).

A gala FIFA, que se chama "The Best", irá também entregar prémios para a melhor jogadora no futebol feminino e para o melhor jogador no futebol masculino, assim como o prémio 'Fair Play', Puskás (golo mais bonito do ano), seleção do ano e - este é novidade - melhor guarda-redes.