Tribuna Expresso

Perfil

Futebol internacional

Neymar sobre o desentendimento com Cavani: “Inventam muitas histórias, falam demasiado e de coisas que não sabem”

Neymar e Cavani falaram aos jornalistas no final do jogo da Champions com o Bayern. Ambos negaram problemas no balneário

Expresso

FRANCK FIFE/Getty

Partilhar

Apesar das notícias que circulam sobre a tensão que se vive nos últimos tempos no balneário do PSG, tanto Neymar como Cavani, depois da vitória por 3-0 frente ao Bayern de Munique, negaram a existência de qualquer problema.

Ainda assim, os dois jogadores, questionados pelo desportivo espanhol “AS” no fim do jogo da Champions, não falaram sobre a quezília dos penáltis. Ou sobre a oferta de um milhão de euros do presidente do clube para Cavani "dar" os seus penáltis a Neymar, como revelou o "El País" esta semana.

Cavani foi o primeiro a falar e a entrar num tom diplomático. “Sou muito acessível. Penso na minha equipa e quero ganhar. (...) Cada um tem a sua maneira de estar e de ser, mas o que importa é ser um grupo unido dentro de campo”, disse.

Já Neymar, não disfarçando o incómodo com as perguntas sobre o companheiro uruguaio, conta o “AS”, atirou-se aos jornalistas.

“Inventam muitas histórias, falam demasiado e de coisas que não sabem. Tentam entrar na nossa zona privada, no nosso balneário e acabam por falar demasiado. Depois acabam por falar de coisas que não existem”, disse o brasileiro.

Questionado ainda se o PSG teria capacidades para conquistar a Champions, Neymar mostrou-se optimista. “Creio que temos uma grande equipa de um nível muito alto, podemos sonhar com a Champions. Respeitamos muito o Bayern, mas estamos ao mesmo nível das melhores equipas da Champions”, disse.