Tribuna Expresso

Perfil

Futebol internacional

Ex-futebolista Thuram ajoelhou-se em solidariedade com atletas dos EUA

O antigo futebolista francês Lilian Thuram ajoelhou-se esta sexta-feira, durante uma sessão de homenagem na Suécia, em solidariedade com os atletas norte-americanos que fazem o mesmo gesto para denunciar violência policial contra afro-americanos

Lusa

Partilhar

"Devemos todos ser solidários com estes atletas e cantores nos Estados Unidos, e ser solidários contra a desigualdade e a injustiça", apontou o antigo defesa, campeão do mundo pela França em 1998, durante uma cerimónia em que foi homenageado pelo seu contributo contra o racismo.

Segundo o francês, há um "problema racial" nos Estados Unidos, ligada "ao seu passado de desigualdade", mas não apenas em solo norte-americano, uma vez que é "preocupante na Suécia e também na França".

O antigo jogador, de 45 anos, ajoelhou-se ao receber o título de doutor honorário da Universidade de Estocolmo, que lhe foi atribuído devido ao trabalho da sua fundação, criada em 2008.

O presidente norte-americano, Donald Trump, condenou as ações de vários jogadores do campeonato de futebol americano (NFL) durante o hino nacional, com o gesto a estender-se ao basquetebol e basebol, bem como a várias personalidades do entretenimento.

Lusa