Tribuna Expresso

Perfil

Futebol internacional

Luís Figo é o novo 'braço direito' do presidente da UEFA

A UEFA anunciou esta tarde que o ex-internacional português vai ser conselheiro técnico do presidente Aleksander Čeferin

Expresso

Luís Figo foi internacional português por 127 vezes

FABRICE COFFRINI/GETTY

Partilhar

Luís Figo é o novo conselheiro técnico de Aleksander Čeferin, presidente da UEFA, anunciou esta tarde o organismo que rege o futebol europeu.

O ex-internacional português vai trabalhar juntamente com o departamento de futebol no que diz respeito aos aspetos técnicos do jogo e às leis, segundo a UEFA, sendo também uma das figuras de referência do programa de embaixadores do organismo.

"Luís Figo foi um jogador fantástico que era um exemplo em termos de conduta, tanto dentro como fora do campo", disse Aleksander Čeferin. "É uma figura muito respeitada dentro do futebol e estou muito agradecido por se ter juntado à nossa equipa. A sua enorme experiência será uma grande ajuda para a UEFA", acrescentou.

O ex-jogador do Real Madrid também se mostrou satisfeito pelo novo cargo. "Tive sorte em conseguir tanta experiência e acho que o meu conhecimento pode ter uma influência positiva. O futebol não para de evoluir", disse Figo. "Aprendi tanto com o futebol que agora quero devolver-lhe alguma coisa. Quando comecei a jogar profissionalmente, em 1990, nunca imaginaria que teria a oportunidade de me juntar à UEFA e trabalhar com o presidente e com alguns dos maiores cérebros de futebol do mundo".

Figo junta-se assim a Dejan Stanković, ex-internacional sérvio, e Nadine Kessler, ex-jogadora alemã, que também começaram a trabalhar como conselheiros da UEFA este ano.