Tribuna Expresso

Perfil

Futebol internacional

Para quê ter Kane quando se tem Benzema? “É uma mistura entre Ronaldo Nazário e Zidane”, diz o presidente do Real Madrid

Harry Kane mostrou-se aos adeptos merengues no Real Madrid-Tottenham e, desde então, a comunicação social espanhola diz que Florentino Pérez quer o avançado inglês, mas o presidente nega-o e elogia... Karim Benzema

Expresso

Cristiano Ronaldo e Harry Kane no Real Madrid-Tottenham

Laurence Griffiths/Getty

Partilhar

Em 12 jogos, 13 golos. Não, não é Ronaldo (tem sete golos em 10 jogos), nem sequer Benzema (tem... dois golos em nove jogos): é Harry Kane, avançado inglês de 24 anos do Tottenham que tem andado no radar do Real Madrid... ou não, assegura Florentino Pérez.

"Contratá-lo nunca me passou pela cabeça. É um grande jogador e, além disso, é jovem. Tem muitos anos para progredir, mas estamos encantados com Benzema e com toda a equipa", disse o presidente do Real Madrid, em entrevista ao "El Partidazo", da rádio espanhola Cope.

Florentino Pérez garante que nem abordou o assunto com Daniel Levy, líder do Tottenham. "Não perguntei. Pediriam €250 milhões", disse.

O presidente do Real Madrid preferiu ressalvar a satisfação por ter Karim Benzema no plantel, ainda que os adeptos tenham recentemente assobiado as exibições do avançado francês. "Já está no clube há oito anos, esta é a sua nona época. Já conhece os nossos adeptos, que são exigentes e leais, não é caso para preocupação", garantiu.

"O que acontece é que as pessoas julgam Benzema apenas pelos golos que marca. Contra o Eibar mostrou um futebol espectacular. Costumo dizer que Benzema é uma mistura entre Ronaldo Nazário e Zidane. Marca como Ronaldo e tem o toque de bola de Zidane. É um luxo", acrescentou.