Tribuna Expresso

Perfil

Futebol internacional

Mundial2018: Nove últimas vagas em disputa, seis delas através de 'play-off'

Na Europa, a eliminatória entre Itália e Suécia centra as atenções, com os tetracampeões mundiais a tentarem a 19.ª presença na fase final e 15.ª consecutiva, enquanto a Suécia procura regressar à competição 12 anos depois,

Lusa

Michael Buholzer/Getty

Partilhar

As nove últimas vagas para o Mundial2018 de futebol decidem-se nos próximos dias, com os ‘play-offs’ europeu e intercontinental e as derradeiras jornadas no apuramento africano a fecharem o quadro de 32 apurados para o torneio da Rússia.

Na Europa, a eliminatória entre Itália e Suécia centra as atenções, com os tetracampeões mundiais a tentarem a 19.ª presença na fase final e 15.ª consecutiva, enquanto a Suécia procura regressar à competição 12 anos depois, disputando pela segunda vez consecutiva o ‘play-off’, depois de ter sido eliminado por Portugal há quatro anos.

No confronto direto entre duas equipas que nunca se tinham encontrado num apuramento para um Mundial, a Itália, que só falhou a fase final em 1930 e 1958, leva ligeira vantagem nos encontros oficiais, com cinco vitórias, dois empates e quatro derrotas.

Depois de ter sido segunda no Grupo B, atrás de Portugal, a Suíça, que apenas perdeu um encontro na qualificação, o último, na Luz (0-2), procura a quarta presença consecutiva em Mundiais, e 11.ª da sua história, mas terá de ultrapassar a Irlanda do Norte, que tenta regressa 32 anos depois.

Num confronto que não terá adeptos visitantes, por acordo das duas federações, a Croácia, em busca da quinta presença nas últimas seis edições, e a Grécia, que procura a quarta presença num Mundial e terceira seguida, defrontam-se numa eliminatória que se prevê equilibrada.

Na outra eliminatória europeia, a Dinamarca, que falhou o Mundial de 2014, encontra a República da Irlanda, ausente desde 2002.

Nos ‘play-offs’ intercontinentais, o Peru, representante da América do Sul e desde 1982 fora dos Mundiais, surge com favoritismo sobre a Nova Zelândia, representante da Oceânia, que procura repetir as presenças de 1982 e 2010.

Também da Oceânia, mas a competir na qualificação asiática, a Austrália procura a quarta presença consecutiva, frente às Honduras, quarta posicionada da zona de apuramento da América do Norte, Central e Caraíbas, que procuram a terceira.

Com Egito e Nigéria já apurados, em África disputam-se as três últimas vagas para o Mundial2018, com Marrocos e Costa do Marfim a defrontarem-se na última jornada do Grupo C, na qual os ‘leões do Atlas’ defendem um ponto de vantagem em Abidjan.

Com Cabo Verde ainda a ter ténues esperanças de conseguir um inédito apuramento, assim como todas as do Grupo D, o Senegal parte em vantagem para ‘carimbar’ a presença na Rússia, caso vença na África do Sul, num encontro de repetição, marcado para 10 de novembro, quatro dias antes da última ronda.

Com quatro jogos, o Senegal tem oito pontos, mais dois do que Burkina Faso e Cabo Verde, que se defrontam na sexta jornada, e quatro do que a África do Sul, também com dois encontros por disputar.

No Grupo A, a Tunísia está a apenas um ponto de regressar a um Mundial – 12 anos depois de ter estado na Alemanha –, recebendo na última jornada a Líbia, última colocada da ‘poule’. À espreita está a República Democrática do Congo, que tem de vencer a Guiné e esperar por uma derrota das ‘águias de Cartago’.

O sorteio para a fase final do Mundial2018, no qual Portugal será cabeça de série, está marcado para 01 de dezembro, em São Petersburgo, na Rússia.

Programa do ‘play-off’ (horas de Lisboa):

Europa:

Primeira mão:

- Quinta-feira, 09 nov:

Irlanda do Norte – Suíça, 19:45

Croácia – Grécia, 19:45

- Sexta-feira, 10 nov:

Suécia – Itália, 19:45

- Sábado, 11 nov:

Dinamarca – Irlanda, 19:45

- Domingo, 12 nov:

Suíça – Irlanda do Norte, 17:00

Grécia – Croácia, 19:45

- Segunda-feira, 13 nov:

Itália – Suécia, 19:45

- Terça-feira, 14 nov:

Irlanda – Dinamarca, 19:45

Eliminatórias continentais:

Primeira mão:

- Sexta-feira, 10 nov:

Honduras – Austrália, 16:00 (22:00 em Portugal continental)

- Sábado, 11 nov:

Nova Zelândia – Peru, 16:15 (03:15)

- Quarta-feira, 15 nov:

Austrália – Honduras, 20:00 (09:00)

Peru – Nova Zelândia, 21:15 (02:15 de quinta-feira)