Tribuna Expresso

Perfil

Futebol internacional

Ao deixar Casillas no banco, “Conceição parece irmão de Mourinho”. Palavras de Sergio Ramos

Para Sergio Ramos, o facto de Casillas ser suplente há quatro jogos no FC Porto traz más memórias ao de cima. Lembranças de quando José Mourinho era treinador do Real Madrid

Expresso

Iker Casillas, guarda-redes do FC Porto

ROBERT MICHAEL/GETTY

Partilhar

Ver um ex-colega de equipa ficar no banco, ao mesmo tempo que ganha prémios ao nível internacional, pode ser complicado. Que o diga Sergio Ramos, jogador do Real Madrid, e amigo próximo de Iker Casillas, guarda-redes do FC Porto.

Em entrevista à rádio “Cadena Ser” na quarta-feira, Ramos falou sobre a situação atual que vive Casillas - há quatro jogos que está no banco - e a suposta tensão que existe com Sérgio Conceição.

“Não sei se o treinador terá algum problema com o Iker, embora vindo ele de onde vem não me surpreenderia… já o vi em algumas conferências de imprensa e ele parece um primeiro-irmão de Mourinho”, disse Ramos, quando questionado sobre a decisão do treinador portista deixar o guarda-redes espanhol no banco.

Lembremos que foi José Mourinho que afastou Iker Casillas da titularidade indiscutível na baliza dos merengues, quando este foi treinador do clube há alguns anos.

“A situação de Casillas chama-me à atenção e surpreende todo o mundo. Acredito que ele vai voltar a jogar porque ele é um grande guarda-redes”, frisou.