Tribuna Expresso

Perfil

Futebol internacional

TAS rejeita pedido de reintegração imediata apresentado por Adrien Silva

Tribunal Arbitral do Desporto rejeitou o pedido do ex-jogador do Sporting, que continua sem poder jogar pelo Leicester

Lusa

John Sibley

Partilhar

O Tribunal Arbitral do Desporto (TAS) rejeitou hoje um pedido de reintegração imediata apresentado pelo futebolista Adrien Silva, que está impedido de jogar devido a um atraso na entrega de documentos quando se transferiu do Sporting para o Leicester.

Segundo o TAS, o recurso apresentado pelo internacional português para poder jogar antes da reabertura do mercado continuará a ser analisada, mas o pedido de reintegração imediata foi recusado.

Em 4 de outubro, a FIFA rejeitou o recurso do Leicester para poder inscrever Adrien Silva, depois de os documentos da transferência do Sporting para o clube inglês terem sido entregues com um atraso de segundos.