Tribuna Expresso

Perfil

Futebol internacional

Zidane a favor do vídeoárbitro mas alerta para perda de espontaneidade

O treinador do Real Madrid, o francês Zinédine Zidane, disse esta segunda-feira ser a favor da entrada do vídeoárbitro (VAR) no futebol espanhol, ainda que tenha alertado para a perda de "espontaneidade no jogo"

Lusa

Javier Barbancho

Partilhar

Na sequência de um golo anulado ao argentino Lionel Messi no Valência-FC Barcelona (1-1), em que a bola passou claramente a linha de golo mas não contou, Zidane diz que a tecnologia "muda e é um sistema para melhorar o futebol", mas recusou fazer mais comentários sobre o jogo dos rivais.

"Não vou entrar em polémicas porque estamos sempre à procura delas e isso não quero, interessa-me a minha equipa", atirou.

Durante a conferência de imprensa de antevisão do jogo de terça-feira com o Fuenlabrada, para a Taça do Rei, o técnico disse ainda que com a entrada do VAR "perde-se algo, sem dúvida", porque tira-se "um pouco a espontaneidade ao futebol", mesmo que "passem a surgir menos problemas".

Para o jogo da Taça, Zidane confirmou o regresso do avançado galês Gareth Bale, de fora há dois meses por lesão, para que possa "ganhar ritmo de jogo".

O treinador deixou de fora dos convocados o português Cristiano Ronaldo e o francês Karim Benzema, mas manifestou vontade "de ver os três jogar juntos outra vez".

"Há muito tempo que não jogam juntos e gostava de os ver outra vez", completou.

O Real Madrid, quarto classificado da Liga espanhola, a oito pontos do líder FC Barcelona, recebe no Santiago Bernabéu o Fuenlabrada, que bateu na primeira mão por 2-0.

Quanto a La Liga, os pontos recuperados ao líder e ao segundo classificado, o Valência, na jornada do fim de semana "não significam nada", porque o foco está "em melhorar dentro de portas".