Tribuna Expresso

Perfil

Futebol internacional

Uma cimeira entre vizinhos, mais um português que está lá longe: o grupo de Portugal no Mundial é um grupo de reencontros

Espanha, o Irão de Carlos Queiroz e Marrocos, que nos deu um desgosto no Mundial de 86. Este é o grupo que nos espera na Rússia no próximo ano. Recorde aqui, na Tribuna Expresso, como foi o sorteio do Mundial de 2018, no qual Portugal é cabeça de série

Lídia Paralta Gomes

Shaun Botterill/Getty

Partilhar

É certo que calhou a fava do Pote 2 a Portugal, a Espanha, pois claro, mas não se pode dizer que o sorteio da Seleção Nacional tenha sido desfavorável: Irão e Marrocos são adversários acessíveis, no papel.

Mas se contra os nossos vizinhos do lado recordamos com tristeza a derrota nos oitavos-de-final do Mundial de 2010, na África do Sul, frente aos nossos vizinhos de baixo (Marrocos, sim), também tivemos as nossas desilusões: a seleção de Marrocos ganhou-nos no Mundial de 86, no México, por 3-1, resultados que nos fez fazer as malas logo na fase de grupos.

O Irão, treinado pelo antigo selecionador Carlos Queiroz, passou pelo nosso caminho no Mundial de 2006, na fase de grupos, com Portugal a vencer por 2-0, com golos de Deco e Cristiano Ronaldo.

Nikita Simonyan, do alto dos seus 91 anos, a tirar o nome de Portugal, logo à segunda

Nikita Simonyan, do alto dos seus 91 anos, a tirar o nome de Portugal, logo à segunda

MLADEN ANTONOV/Getty

As datas e locais dos jogos de Portugal são os seguintes:
Portugal-Espanha, 15/06, em Sochi
Portugal-Marrocos, 20/06, em Moscovo
Irão-Portugal, 25/06, em Saransk

Caso Portugal passe à fase a eliminar terá pela frente um adversário do simpático Grupo A, que nos deu aquele que será muito provavelmente um dos piores jogos de abertura de uma grande competição de que há memória: Rússia-Arábia Saudita, dia 14 de junho, em Moscovo.

São só as duas equipas mais mal classificadas no ranking da FIFA presentes neste Mundial.

De resto, há grupos para todos os gostos. Entre os cabeças de série, Argentina e Alemanha parecem aqueles com uma fase de grupos mais complicadas. A equipa de Messi terá pela frente no Grupo D a Croácia de Modric, a sensação Islândia e a Nigéria. Já a Alemanha, no Grupo F, terá de jogar com México, Suécia e Coreia do Sul.

Daqui é tudo. Agora é só esperar seis meses até o apito inicial deste Mundial de 2018.

Num Rússia-Arábia Saudita.

16h02 - O sorteio termina com a atuação de dois artistas locais dos quais não consegui assentar o nome (o dele, um tenor, é particularmente longo). Peço desculpa, mas fiquei absorta na qualidade do playback, que não é das melhores. Entra agora um rapper e a mascote do Mundial - a organização prometeu um momento musical que juntava três géneros e imagino que seja este.

15h56 - Acabou o sorteio! Sorteado o Pote 4, as coisas ficaram assim definidas:

Grupo A: Rússia, Uruguai, Egito, Arábia Saudita
Grupo B: PORTUGAL, Espanha, Irão, Marrocos
Grupo C: França, Perú, Dinamarca, Austrália
Grupo D: Argentina, Croácia, Islândia, Nigéria
Grupo E: Brasil, Suíça, Costa Rica, Sérvia
Grupo F: Alemanha, México, Suécia, Coreia do Sul
Grupo G: Bélgica, Inglaterra, Tunísia, Panamá
Grupo H: Polónia, Colômbia, Senegal, Japão

15h52 - Marrocos no grupo de Portugal! Recordações? Não são as melhores - vide México'86.

15h51 - Depois de sorteado o Pote 3, as contas estão assim:

Grupo A: Rússia, Uruguai, Egito
Grupo B: PORTUGAL, Espanha, Irão
Grupo C: França, Perú, Dinamarca
Grupo D: Argentina, Croácia, Islândia
Grupo E: Brasil, Suíça, Costa Rica
Grupo F: Alemanha, México, Suécia
Grupo G: Bélgica, Inglaterra, Tunísia
Grupo H: Polónia, Colômbia, Senegal

15h47 - Carlos Queiroz no caminho de Portugal! O Irão vai para o Grupo B.

15h44 - Depois de sorteado o Pote 2, isto está assim:

Grupo A: Rússia, Uruguai
Grupo B: PORTUGAL, Espanha
Grupo C: França, Perú
Grupo D: Argentina, Croácia
Grupo E: Brasil, Suíça
Grupo F: Alemanha, México
Grupo G: Bélgica, Inglaterra
Grupo H: Polónia, Colômbia

15h40 - Ojo! A Espanha, aquela que toda a gente queria evitar, calha-nos já para o primeiro jogo.

15h36 - Entretanto: França será cabeça de série do Grupo C, Argentina do D, Brasil do E, Alemanha do F, Bélgica do G e Polónia no Grupo H. A Rússia, já se sabia, está no Grupo A.

15h35 - Portugal foi logo a segunda equipa a sair! Vamos para o Grupo B e vamos iniciar a nossa caminhada em Sochi, a 15 de junho.

15h30 - Cafu, Laurent Blanc, Gordon Banks, Diego Forlan, Carles Puyol, Fabio Cannavaro, Maradona e Nikita Simonyan em frente a cada pote. Amigos, brace yourselves, isto vai começar.

Gary Lineker está a explicar os mecanismo do sorteio.

15h25 - Uma pessoa bem que tenta ter graça - com muito pouco sucesso, diga-se -, mas há sempre alguém que tem mais graça.

15h19 - Agora um momento de dança, o grupo de ballet de Igor Moiseyev - já agora, e estando tão perto do Natal, podiam ter dançado o "Quebra Nozes". Pelé olha com um ar perdido.

Os bailarinos mexem-se bem no terreno de jogo, tendo em conta que a Rússia é a última seleção do ranking neste Mundial, é possível que pudessem dar uma ajudinha.

15h13 - A primeira aparição portuguesa no palco é meio inesperada: Nuno Bettencourt, guitarrista açoriano dos Extreme (aqueles do "More than Words") acompanha a cantora russa Alsou para o primeiro momento musical da noite.

15h09 - Loas de Infantino ao povo russo, e ao "esforço feito nos últimos 7 anos", às 11 cidades anfitrãs. Acaba com "spaciba bolshoi" - muito obrigada em russo.

15h07 - Enquanto as instituições falam, um vídeo de Pelé e Maradona a trocar um bacalhau nos bastidores. Sorrisos mais ou menos da cor do laço do argentino.

15h02 - Olha que dois: Vladimir Putin, presidente da Rússia, e Gianni Infantino, líder da FIFA, sobem ao palco do salão nobre do Kremlin. Putin fala do desejo de organizar "o melhor Mundial de sempre" e de "fair-play e desportivismo".

15h00 - Começamos com uma não-notícia: está a nevar em Moscovo.

Olá a todos, bem sei que meio mundo já está com a cabeça no Clássico desta noite, mas antes disso há algo quase tão importante. E por isso bem-vindos ao live do sorteio da fase de grupos do Mundial de 2018, que se vai disputar na Rússia. É já daqui a bocadinho que arranca a cerimónia (às 15h de Lisboa, com transmissão na RTP1), em pleno Kremlin, em Moscovo, mas antes de conhecermos os adversários de Portugal, teremos seguramente de ouvir os habituais discursos de gente da política e do futebol, que nos vai garantir que tudo está pronto, que o evento será seguro e que será uma grande festa da modalidade e da diversidade cultural e yada yada yada (leram aqui primeiro).

Entusiasmados? Falcão já está.

Continuando.

Teremos também desfiles de antigas glórias, de insignes vencedores do troféu e quejandos e, claro está, momentos musicais de qualidade discutível - e eu disse 'discutível', não 'duvidosa'.

Depois sim, começa a verdadeira ação e ficam abaixo algumas informações de serviço público sobre o sorteio:

- Por esta altura já toda a gente deve saber, mas as 32 equipas serão divididas em 8 grupos de quatro seleções. Para já, estão colocadas em quatro potes - e Portugal, sendo uma das equipas com melhor ranking FIFA, está no primeiro (yeah!).

- São bons potes, na medida em que Portugal sabe desde logo que evita seleções como Alemanha, Brasil, Argentina e França. No pote 2, todos querem evitar a Espanha - que nos calhou no derradeiro ensaio do sorteio.

- Ah, a cerimónia será apresentada por one and only Gary Lineker e pela jornalista russa Komandnaya, perante as 6 mil pessoas que vão encher a sala do Kremlin.

- Gentes de currículos vastos como um tal de Diego Maradona, o brasileiro Cafu, o francês Laurent Blanc e o italiano Fabio Cannavaro - todos eles campeões mundiais - vão dar uma mãozinha no sorteio.

- Regra importante: nenhuma confederação pode ter mais do que duas equipas no mesmo grupo, com exceção para a UEFA - cada grupo pode ter até duas seleções europeias.

- Portugal, como cabeça de série, já sabe que fará pelo menos um jogo da fase de grupos em Moscovo.

- Não faltam por essa World Wide Web fora simuladores de grupos do Mundial. Aqui na Tribuna tentámos há uns tempos o do "The Guardian" e aconteceu isto:

Era bom, não era!?