Tribuna Expresso

Perfil

Futebol internacional

Bola de Ouro, vitória e pausa na seca de golos: não foi uma má tarde de sábado para Cristiano Ronaldo

No dia em que mostrou a 5.ª Bola de Ouro ao Santiago Bernabéu, o capitão da Seleção Nacional marcou duas vezes na goleada do Real Madrid ao Sevilha por 5-0

Expresso

PIERRE-PHILIPPE MARCOU/Getty

Partilhar

Ele há semanas boas e esta tem sido particularmente simpática para Cristiano Ronaldo. Depois de se ter tornado no primeiro jogador da história a marcar em todos os jogos da fase de grupos da Liga dos Campeões e de ter recibido a 5.ª Bola de Ouro no topo da Torre Eiffel, o atacante português fez na tarde deste sábado uma pausa na seca de golos que o tem atormentado na liga espanhola, ao marcar dois golos na vitória do Real Madrid frente ao Sevilha por claros 5-0.

Depois do nulo em Bilbao, o Real Madrid regressou assim aos triunfos caseiros, na tarde em que Cristiano mostrou o troféu que recebeu a meio da semana ao Santiago Bernabéu, numa pequena cerimónia antes do apito inicial e que acabou por ser um bom prenúncio para o resto da tarde.

Face a um Sevilha amorfo, os merengues despacharam o resultado ainda na 1.ª parte. Logo aos 3 minutos, o central Nacho Fernández fez o primeiro, com Cristiano Ronaldo a marcar aos 23’ e depois aos 31’, através de grande penalidade - dois golos que igualam o total que o português tinha até agora na La Liga.

O massacre continuou aos 38’, com um golo do alemão Toni Kroos e ainda antes do apito para o intervalo o jovem lateral-direito marroquino Achraf Hakimi fechou as contas para o campeão espanhol em título.

Com esta vitória, o Real sobe a 3.º na tabela, à condição, com 31 pontos. O líder Barcelona está agora a 5 pontos mas com um jogo a menos - entra em campo no domingo, às 19h45, frente ao Villarreal.