Tribuna Expresso

Perfil

Futebol internacional

Ronaldo diz que é o melhor da história. Maradona responde: “Digam-lhe que não brinque”

Para o ex-craque argentino, ainda há muitos outros jogadores na lista de melhores da história, antes do nome de Cristiano Ronaldo: "Alfredo di Stéfano, Cruyff, Messi..."

Expresso

Cristiano Ronaldo, Gianni Infantino, Diego Armando Maradona e Ronaldo na gala "The Best"

Michael Steele

Partilhar

Quando se atinge um determinado nível no futebol, pode dizer-se quase tudo - e Diego Armando Maradona tem esse estatuto e essa sinceridade (é só recordar a famosa conferência de imprensa enquanto selecionador argentino em que disse ISTO).

Por isso mesmo, quando questionado pelo jornal espanhol "As" sobre as declarações de Cristiano Ronaldo, que disse ser "o melhor jogador da história", Maradona respondeu assim: "Digam-lhe que não brinque".

O jornalista pergunta então ao argentino em que situação fica a história dele no futebol, se Ronaldo é o melhor... e Maradona ri-se. "Por isso é que te estou a dizer, digam-lhe que não brinque".

Ou seja, nessa lista, para Maradona, há Ronaldo, sim, mas há outros nomes antes de Ronaldo. "Para mim, do pouco que vi, Alfredo di Stéfano, Cruyff e Messi... E pode estar Cristiano Ronaldo também", acrescentou.

"É muito difícil dar uma Bola de Ouro só a um jogador. Porque dá-la a Cristiano e dá-la a Messi já é... aborrecido. Também deviam estar na luta Cavani, Mbappé, Ibrahimovic. Não sei, devia haver mais alguma coisa", opinou, reservando também elogios para o jovem francês que trocou o Mónaco pelo PSG.

"Mbappé, para mim, é a grande revelação do futebol. Acho que pode superar muito. Por que razão é que o Real Madrid não o contratou? Eu disse a Florentino [Pérez]: 'Contrate Mbappé'. Disse-lhe quando nos encontrámos na FIFA", revelou.