Tribuna Expresso

Perfil

Futebol internacional

Cinco primeiros classificados vencem e aumentam distâncias em França

O líder da liga francesa de futebol, o Paris Saint-Germain, venceu esta quarta-feira em casa o Caen por 3-1, na 19.ª jornada, em que Mónaco, segundo, Lyon, terceiro, Marselha, quarto classificado, e Nantes, quinto, também conseguiram ganhar

Lusa

Partilhar

O Mónaco, de Leonardo Jardim, sofreu para vencer o Rennes, mas golos do ex-FC Porto Falcao (20 minutos) e Keita (81) deram a vitória aos monegascos, que alinharam com João Moutinho e Rony Lopes (saiu aos 62) de início.

Apesar do golo de Khazri, de penálti aos 59, ter ameaçado novo 'deslize' do clube do principado, o Mónaco venceu e chegou aos 41 pontos, enquanto o Rennes caiu dois lugares para nono.

Um golo de grande penalidade de Fékir, aos 24 minutos, e outro de Rafael, nos descontos da visita ao Toulouse, selaram a vitória do Lyon, com Anthony Lopes na baliza.

Com o tento do defesa brasileiro e o golo do marfinense Gradel para o Toulouse, ao 'cair do pano', o Lyon igualou o Mónaco em pontos, com 41, mas também em golos marcados e na diferença de golos, pelo que as duas formações partilham o segundo posto.

A jogar em casa, o líder Paris Saint-Germain não vacilou e bateu o Caen por 3-1, num triunfo sem dificuldades para a turma de Unai Emery, que marcou por intermédio do uruguaio Cavani (21), Mbappé (57) e Berchiche (81), antes de Santini reduzir, já nos descontos, na conversão de um penálti.

Os parisienses continuam firmes na liderança, com 50 pontos, mais nove que os adversários mais diretos.

O Marselha, quarto classificado, esteve a perder na receção ao Troyes, graças a um golo de Bryan Pelé, aos 14, mas deu a volta ao resultado para vencer com tentos de Payet (31), Gustavo (66) e Germain (84).

A equipa do português Rolando segue em quarto lugar, com 38 pontos, menos três do que o terceiro posto e cinco de vantagem sobre o Nantes, que teve de esperar pelos descontos para ver o argentino Sala 'arrancar' uma vitória na deslocação ao 13.º Amiens (1-0).

Em casa do 'aflito' Lille, que teve Edgar Ié no 'onze', o sexto classificado Nice não foi além de um empate, com Srarfi a adiantar a formação de Lucien Favre (38), mas El-Ghazi a resgatar, aos 68, um ponto importante para a luta pela permanência.

Com Pedro Mendes no eixo da defesa, o Montpellier foi a casa do Bordéus vencer por 2-0, graças a golos de Ikone (71) e Mbenza (90), e subir ao sétimo posto, com 26 pontos, os mesmos do Guingamp, que bateu o Saint-Étienne por 2-1.

No fundo da tabela, o penúltimo Angers bateu o Dijon, que teve Xeka a titular, e aproximou-se dos lugares de manutenção, enquanto o lanterna-vermelha Metz surpreendeu o Estrasburgo com uma vitória categórica (3-0).

Ainda assim, o Metz continua bem destacado na base da tabela, com 11 pontos, menos sete que o Angers e a oito do Toulouse, primeiro clube acima da 'linha de água'.

Lusa