Tribuna Expresso

Perfil

Futebol internacional

Taça de Inglaterra: Sorrisos rasgados para Marco e Bernardo Silva, mais amarelados no duelo Nuno-Carvalhal

Médio marcou na vitória do Man. City frente ao Burnley e o Watford passou sem dificuldades pelo Bristol City, na 3.ª ronda da prova. Já no Wolverhampton-Swansea houve um nulo e será preciso um round two para saber qual dos técnicos portugueses sorri por último

Expresso

Alex Livesey/Getty

Partilhar

Quis o sorteio da 3.ª ronda da Taça de Inglaterra que Wolverhampton e Swansea lutasse por um lugar na fase seguinte, marcando, por isso um duelo entre dois treinadores portugueses, Nuno Espirito Santo do lado dos Wolves e Carlos Carvalhal nos swans.

Duelo esse que terá sequela, depois do 0-0 em Wolverhampton, num jogo com duas expulsões, uma das quais de Rúben Vinagre, ala português da equipa da casa, que teve ainda Hélder Costa no onze. Ivan Cavaleiro entrou já na 2.ª parte, enquanto Roderick Miranda e Pedro Gonçalves não saíram do banco.

Do lado do Swansea, que viu Leroy Fer expulso aos 67 minutos, Renato Sanches voltou a ser titular mas Carvalhal tirou-o de campo ainda na 1.ª parte. E aparentemente, não por qualquer impedimento físico.

O round two da eliminatória vai assim jogar-se no País de Gales ainda em data a definir.

Quem já resolveu o problema foi Marco Silva. A viver um momento mais cinzento na Premier League, o treinador português do Watford viu a sua equipa qualificar-se para a 4.ª ronda após bater o Bristol City por 3-0, com golos de Carrillo, Deeney e Capoué.

Bernardo avante, Adrien Silva ainda não

Numa tarde de sábado cheia de futebol, o Manchester City teve um pequeno susto frente ao Burnley, que marcou primeiro no Etihad, ainda na 1.ª parte. A normalidade seria reposta já a seguir ao intervalo, com a equipa de Guardiola a marcar quatro golos, o último dos quais por Bernardo Silva, que entrou aos 79' e fechou as contas em 4-1 aos 82'.

Já Adrien Silva estreou-se a titular no Leicester, mas o nulo frente ao Fleetwood Town obriga a equipa da Premier League a um segundo jogo com a formação da League One (a 3.ª divisão inglesa).

Entre as surpresas, que sempre as há na Taça de Inglaterra, o Stoke City foi surpreendido pelo Coventry, da League Two.