Tribuna Expresso

Perfil

Futebol internacional

João Moutinho assinou por um clube da MLS (mas talvez não seja quem está a pensar)

A primeira escolha do draft da Major League Soccer (MLS), em que os clubes americanos vão buscar jogadores acabados de sair da universidade, é português. João Moutinho, que como o João Moutinho original, também jogou no Sporting, tem 20 anos e foi contratado pelo Los Angeles FC

Diogo Pombo

LA FC

Partilhar

João Gervásio Bragança Moutinho poderia ser o João Moutinho de quem, talvez, pensou quando leu estes quatro nomes. Esse João Moutinho, contudo, é o João Filipe Iria Santos Moutinho que tem honras de campeão europeu, comendador, sábio e trintão médio do AS Monaco e da seleção nacional e um provável convocado para o próximo Campeonato do Mundo de futebol. Esse é o João Moutinho que vem à cabeça quando se lê tal nome e apelido.

Mas, a partir desta sexta-feira, há outro João Moutinho no futebol. O João Gervásio Bragança Moutinho que, para evitar carregar mais ainda nesta confusão, será doravante identificado como o novo Moutinho.

Porque, mais do que os desígnios com que os pais e a família os batizaram, há mais coisas em comum entre o internacional português e o miúdo que foi a primeira escolha do draft da Major League Soccer (MLS), o campeonato de futebol dos EUA em que os clubes têm o direito de ir buscar os miúdos que saem das equipas universitárias.

O novo Moutinho também foi formado nas escolas do Sporting, onde jogou dos sub-10 aos sub-19, passando ainda pelo Sacavenense antes de rumar a Akron, em Ohio, nos EUA. Jogando pelo equipa universitária, o português já fizera parte, este mês, de um grupo de seis jogadores que mereceram algo parecido a um patrocínio da Adidas, garantindo-lhes a presença no draft.

Os Los Angeles FC, nova equipa que se vai estrear, esta época, na MLS, tinham a primeira escolha do draft e utilizaram-na para contratar o novo Moutinho, que é canhoto, tem 1,73m e gosta de jogar a lateral esquerdo e de usar bonés na cabeça. “Sinto-me extasiado, nem consigo descrever em palavras o que estou a sentir. Mal posso esperar para começar a minha carreira profissional”, disse, logo após ser escolhido, ao site da liga profissional norte-americana.

O novo Moutinho vai ser treinado por Bob Bradley, antigo selecionador americano que, há meses, treinou o Swansea City de Renato Sanches - mais uma ligação portuguesa - e jogar, por exemplo, com Carlos Vela, o mexicano que trocou a Real Sociedad pelo novo clube da Califórnia.

O português ocupará uma das oito vagas que cada clube da MLS dispõe para jogadores estrangeiros. "É uma montanha russa de emoções, para ser sincero. Nunca pensei que isto me iria acontecer quando vim para aqui: ser a primeira escolha entre um grande grupo de jogadores. É uma honra", admitiu.