Tribuna Expresso

Perfil

Futebol internacional

A troca entre rivais já é oficial: Alexis Sánchez no Manchester United e Henrikh Mkhitaryan no Arsenal

Depois de muitas semanas de negociação, o chileno saiu do Arsenal, equipa em que alinhou durante três anos e meio, e rumou a Old Trafford; no sentido oposto, o arménio Henrikh Mkhitaryan, do United, mudou-se para Londres

Expresso

Partilhar

É oficial, José Mourinho ganhou uma nova pérola para o ataque do Manchester United: Alexis Sánchez.

Depois de muitas semanas de negociação, o chileno saiu do Arsenal, equipa em que alinhou durante três anos e meio, e rumou a Old Trafford; no sentido oposto, arménio Henrikh Mkhitaryan, do United, mudou-se para Londres - o que foi uma surpresa para muitos.

Na segunda-feira, os dois clubes britânicos deram conta do negócio como realizado através de uma troca direta de atletas; nenhum dos comunicados dos clubes menciona qualquer outra verba envolvida.

Henrikh Mkhitaryan confessou estar “muito feliz” com a sua chegada à equipa de Arséne Wenger. “É um sonho tornado realidade, sempre quis jogar pelo Arsenal. Agora que aqui estou farei o meu melhor para fazer história”, disse o arménio ao site dos gunners.

Já em Manchester, Alexis Sánchez confessou-se “entusiasmado por se ter juntado ao maior clube do mundo” e disse que mudou pela mesma razão que Thierry Henry deixou o Arsenal pelo Barcelona: ambição. “Estou muito orgulhoso por ser o primeiro chileno a jogar pelo United e espero conseguir demonstrar aos adeptos de todo o mundo a razão pela qual me quiseram contratar”, disse.

Instagram

Segundo José Mourinho, Sánchez é “um dos melhores atacantes do mundo”, pelo que é um belo reforço para o 2º classificado da Premier League, que está 12 pontos atrás do City - e 11 à frente do Arsenal. “Ele vai trazer ambição e personalidade ao clube”, disse o treinador.