Tribuna Expresso

Perfil

Futebol internacional

Mais um dia, mais uma tirada brilhante de Carlos Carvalhal em Inglaterra: ofereceu pastéis de nata aos jornalistas

Carlos Carvalhal anda tão bem-disposto no Swansea - pudera, depois de vencer por 8(!)-1 -, que até ofereceu pastéis de nata aos jornalistas na sala de imprensa

Expresso

Partilhar

Carlos Carvalhal lidera o Swansea desde dezembro de 2017

Carlos Carvalhal lidera o Swansea desde dezembro de 2017

Athena Pictures/Getty

A vida no Swansea não podia estar a correr melhor a Carlos Carvalhal e, por consequência, aos jornalistas que seguem de perto o percurso da equipa inglesa - mas já lá vamos. Terça-feira à noite, na Taça de Inglaterra, o Swansea goleou o Notts County, por impressionantes 8-1, e somou a sua quinta vitória em dez jogos sob o comando de Carlos Carvalhal - e essas vitórias incluem adversários como o Liverpool e o Arsenal.

Se, em campo, o registo tem sido positivo, fora dele, o treinador português de 52 anos também tem feito as delícias dos jornalistas ingleses, com uma série de tiradas para recordar. Quando venceu o Liverpool, no final de janeiro, por 1-0, disse que a equipa de Jürgen Klopp "é um Fórmula 1, mas quando pões um Fórmula 1 no meio do trânsito de Londres, ele não anda" - referindo-se à estratégia adotada pelo Swansea, 17ª classificado da Premier League, no jogo.

Na semana seguinte, quando venceu o Arsenal, por 3-1, recorreu a outra comparação: "Antes estávamos a receber visitas no hospital. Agora estamos quase a poder sair. O médico está quase a dar-nos alta".

Pelo meio, referindo-se ao mercado de inverno, o técnico português teve mais uma tirada curiosa: "Temos dinheiro para sardinhas, mas eu fico a pensar em lagosta. Mas, às vezes, as sardinhas ganham jogos".

E, por fim, disse o seguinte sobre as ausências de alguns lesionados, como o internacional português Renato Sanches: "Se queremos cozinhar algo, compramos bons tomates, boas batatas e bom arroz. Mas, quando não tens peixe, usas mais batatas. Mas uma batata não consegue ser um peixe".

Ora, esta quinta-feira, retomando o tema gastronómico, Carlos Carvalhal surpreendeu os jornalistas que o aguardavam na sala de imprensa do Swansea com um tabuleiro cheio de... pastéis de nata. E, quando questionado sobre a sua proveniência, disse que tinha sido ele mesmo a fazê-los, entre risos.

Veja o vídeo: