Tribuna Expresso

Perfil

Futebol internacional

Davide Astori, capitão da Fiorentina, encontrado morto no quarto de hotel

Central de 31 anos morreu subitamente durante o sono, na véspera do encontro com a Udinese

Expresso

Gabriele Maltinti/Getty

Partilhar

O futebol italiano acordou este domingo com una noticia trágica. Davide Astori, capitão da Fiorentina, foi encontrado morto num quarto de hotel em Udine, onde a equipa estagiava antes do encontro desde domingo com a Udinese, para a Serie A.

De acordo com as primeiras informações dadas pelo clube de Florença, o defesa central, de 31 anos, terá morrido subitamente durante o sono.

Segundo informações do diário "Gazzetta dello Sport", depois de Astori não ter comparecido ao encontro com a equipa, marcado para as 9h30 italianas (menos uma hora em Lisboa), vários companheiros entraram no quarto do central, encontrando-o já sem vida.

O encontro entre a Udinese e a Fiorentina, que deveria começar às 15h, foi entretanto adiado.

Internacional por 14 ocasiões com a seleção italiana, Astori cumpria a terceira época na Fiorentina. Esteve na equipa de Itália que foi 3.ª classificada na Taça das Confederações de 2013. Formado no Milan, contava ainda com passagens por clubes como o Cagliari ou Roma.

  • A reação incrédula dos jogadores quando souberam da trágica morte de Astori (vídeo)

    Atualidade

    O Genoa - Cagliari estava a 15 minutos do seu início quando a notícia da morte de Davide Astori, capitão da Fiorentina, chegou aos jogadores. Incrédulos, alguns futebolistas questionaram quem lhes contou a tragédia. Depois, quando a notícia assentou, puseram as mãos na cara e seguiram para o balneário - o encontro acabaria adiado, tal como todos os outros que estavam agendados para este domingo. Astori esteve contratualmente ligado ao Cagliari entre 2010 e 2016