Tribuna Expresso

Perfil

Futebol internacional

Ernesto Valverde sobre André Gomes: “É um ato de valentia reconhecer publicamente o que sofre”

Treinador do Barcelona elogia coragem do internacional português, depois da entrevista do médio à revista "Panenka", em que admitiu estar a passar um momento complicado a nível emocional

Expresso

Soccrates Images/Getty

Partilhar

A conferência de imprensa servia para antever o embate do Barcelona com o Chelsea, mas entrevista de André Gomes à revista “Panenka”, em que o português reconhece o período difícil que vive a nível emocional, acabou por ser um dos temas centrais da conversa de Ernesto Valverde e Sergio Busquets com os jornalistas esta tarde.

“A verdade é que é um ato de valentia reconhecer publicamente o que sofre. Todos temos problemas em transmitir uma insegurança ou debilidade e por isso só o facto de o fazer é corajoso”, começou por dizer o treinador do Barcelona, que frisou que a situação pela qual o internacional português está a passar “não é nova e acontece a muitos”.

“É algo que tens de superar permanentemente. Não é algo que nunca tenha encontrado na minha carreira enquanto jogador e treinador”, continuou Valverde, que voltou a colocar em evidência as “muitas qualidades” de André Gomes, um dos patinhos feios do plantel para os adeptos do Barcelona. “Os adeptos tens de conquistar com o teu jogo, trabalho e qualidade. Já falei com ele algumas vezes e enquanto treinador estou sempre pronto para ajudar”.

Já Sergio Busquets admitiu que o plantel sabia do mau momento de André Gomes, ainda que não tivesse noção da real dimensão do problema. “É um tema pessoal. Todos nós temos tentado ajudá-lo o mais possível e acho que os adeptos devem dar um passo em frente e ser mais positivos”, sublinhou o médio catalão, que vê André Gomes “preparado”.

“Vejo-o nos treinos a trabalhar o máximo. Mas logo chegam os rumores e isso não é positivo para ninguém. E o André leva para casa os problemas. Deveríamos estar unidos, porque não é só o André que paga a factura, pagamos todos”, disse ainda Busquets.

O Barcelona joga na quarta-feira com o Chelsea a 2.ª mão dos oitavos de final da Champions. Em Stanford Bridge, as duas equipas empataram 1-1.