Tribuna Expresso

Perfil

Futebol internacional

Ronaldo e aquele estranho penteado do Mundial2002: “Não foi o meu melhor momento”

Passados quase 16 anos, Ronaldo, “o fenómeno”, confessou o porquê do estrambólico penteado que levou para o Mundial de 2002, que decorreu no Japão e na Coreia do Sul

Expresso

Andreas Rentz

Partilhar

O penteado era só para disfarçar - e resultou.

Passados quase 16 anos, Ronaldo, “o fenómeno”, confessou o porquê do estrambólico penteado que levou para o Mundial de 2002, que decorreu no Japão e na Coreia do Sul.

Ao concentrar as atenções de todos os jornalistas na sua cabeça, o jogador brasileiro pretendia que estes olhassem menos para as suas pernas, para a lesão que o atormentava, conta o “Daily Mail” esta quarta-feira.

“Tinha uma lesão na perna esquerda e toda gente estava a falar sobre isso [antes do Mundial]. Decidi rapar o meu cabelo e deixar um bocado na frente. Ia treinar todos os dias e o que as pessoas reparavam era no meu cabelo”, revelou o jogador.

Mesmo com dificuldades físicas, Ronaldo acabou por carimbar a vitória do campeonato do Mundo para o Brasil naquele ano, com dois golos frente à Alemanha na final.

“Não foi o meu melhor momento, admito. Foi muito estranho, mas foi uma forma de mudar de assunto”, explicou Ronaldo.