Tribuna Expresso

Perfil

Futebol internacional

Testemunhas de Ronaldo consideram-no culpado de crimes fiscais

Os três funcionários do Departamento de Fiscalidade Internacional, da Agência Tributária espanhola, foram depor a pedido do próprio Cristiano Ronaldo, mas perante o juiz confirmaram os crimes alegadamente cometidos pelo jogador do Real Madrid

Expresso

Paul Hanna

Partilhar

Os três fiscalistas a quem Cristiano Ronaldo pediu para testemunharem no processo de fuga ao fisco em que está envolvido confirmaram os crimes alegadamente cometidos pelo jogador.

Os três funcionários do Departamento de Fiscalidade Internacional, da Agência Tributária espanhola, foram depor a pedido do próprio Cristiano Ronaldo, mas perante o juiz não deram razão a Ronaldo.

O jogador do Real Madrid é acusado de quatro crimes de fuga ao fisco, avaliados em quase 15 milhões de euros.