Tribuna Expresso

Perfil

Futebol internacional

De Ronaldo à NBA, todos a torcer por Sir Alex Ferguson

Desde foi conhecido o estado de saúde de Alex Ferguson, internado nos cuidados intensivos depois de um derrame cerebral, centenas de mensagens de apoio foram colocadas nas redes sociais desejando uma boa recuperação ao técnico de 76 anos.

Expresso

Ronaldo chegou a Manchester em 2003. Ferguson foi "como um pai" para o jogador.

Partilhar

Ser o mais bem-sucedido técnico da história do futebol britânico tem destas coisas. A hospitalização de Alex Ferguson, antigo treinador do Manchester United, sábado de manhã, na sequência de uma hemorragia cerebral, não deixou ninguém indiferente.

A notícia foi avançada pelo próprio clube, cuja história moderna se confunde com a do escocês. Em comunicado, o United informou que o antigo técnico de 76 anos foi “operado de urgência devido a uma hemorragia cerebral”.

“A intervenção correu muito bem mas ele precisa de um período de cuidado intensivo para melhorar a sua recuperação”, escreveu ainda o clube pedindo privacidade para a família.

O caso parece sério e o sentimento de gravidade aumentou quando ontem um dos três filhos de Alex Ferguson, Darren Ferguson, técnico do Doncaster Rovers, da terceira divisão inglesa, falhou o último encontro da temporada da equipa “por razões familiares”.

Federações, clubes, técnicos e jogadores enviam mensagens

As manifestação de apoio ao técnico começaram cedo a aparecer nas redes sociais. E foram transversais passando por entidades como a Federação Inglesa, a UEFA, a FIFA, ou a NBA, a clubes de toda a Europa e, claro, por dezenas de jogadores que passaram pelas mão do técnico.

Cristiano Ronaldo, que Sir Alex foi buscar ao Sporting e que marcou uma fase da vida do jogador, foi um deles. Desejou “força” ao “querido amigo”.

Mas não foi o único. David Beckam, Wayne Rooney, Edwin van der Sar, van Persie, Gary Lineker ou Michael Carrick estão no lote dos muitos que escreveram a pensar no técnico que ainda há uma semana foi a Old Trafford participar numa homenagem a Arséne Wenger, que se despede este ano da Premier League.

Alex Ferguson na homenagem a Arsène Wenger, seu rival em muitas edições da Premier League.

Alex Ferguson na homenagem a Arsène Wenger, seu rival em muitas edições da Premier League.

Getty Images

Alex Ferguson retirou-se do futebol em maio de 2013 depois de conquistar 38 troféus ao longo de uma carreira de 26 anos.