Tribuna Expresso

Perfil

Futebol internacional

Carlos had a dream, mas acabou: Carvalhal está mesmo de saída do Swansea

Clube galês anunciou esta sexta-feira a saída do treinador português, que não conseguiu manter o Swansea na Premier League

Expresso

James Williamson - AMA/Getty

Partilhar

Acabou-se a carne no assador de Carlos Carvalhal. O treinador português vai mesmo sair do comando do Swansea, depois se não conseguir evitar a descida de divisão do clube galês na Premier League. Carlos Carvalhal chegou aos swans em dezembro e conseguiu bons resultados nua primeira fase, mas uma série de nove jogos sem vencer no final do campeonato acabou por ditar a despromoção da equipa que estava há sete anos consecutivos no primeiro escalão inglês.

"Queremos agradecer ao Carlos pelo seu entusiasmo, trabalho e compromisso desde que chegou ao clube em dezembro. Naturalmente que estamos desapontados com a descida de divisão. Depois de falarmos com o Carlos, sentimos que era do melhor interesse das duas partes irmos numa nova direção", sublinhou o presidente do clube, Huw Jenkins.

Além de Carlos Carvalhal, saem também os adjuntos João Mário e Bruno Lage, tal como Jhony Conceição e Paulo Sampaio.