Tribuna Expresso

Perfil

Futebol internacional

Jorge Jesus, o 11.º treinador mais bem pago do planeta

Na sua primeira aventura fora de Portugal, o técnico que disse adeus ao Sporting vai ganhar €7 milhões limpos por ano no Al Hilal. No campeonato dos mais bem pagos do mundo, o campeão continua a ser o 'Special One'

Expresso

Jorge Jesus sai do Sporting com 154 jogos, repartidos entre 98 vitórias, 25 empates e 31 derrotas.

JOSé Sena Goulão/Lusa

Partilhar

Ao serviço do maior clube da Arábia Saudita, Jorge Jesus vai receber € 7 milhões por época, salário que o faz saltar para o 11º lugar do ranking dos treinadores milionários. Em Alvalade, o treinador que, aos 63 anos, abandona pela primeira a sua zona de conforto para se aventurar no comando do Al Hilal recebia € 6 milhões/época brutos, passando agora a pingar-lhe na conta bancária sensivelmente o dobro do que recebia no clube do seu coração.

No 'top' dos treinadores milionários, mantém-se José Mourinho, que aufere € 26 milhões/brutos anuais em Old Trafford, mais € 3 milhões do que o veterano treinador italiano Marcello Lippi, selecionador da China aos 70 anos. Segundo as contas do jornal AS, em terceiro lugar do pódio está Diego Simeone, o treinador que mais ganha na Liga das estrelas - € 22 milhões/brutos. Zinedine Zidane, que optou por um período sabático após ter vencido pela terceira época consecutiva da Liga dos Campeões, auferia € 21 milhões/época (brutos) ao leme do Real Madrid, ainda à procura de sucessor.

No quinto lugar da cobiçada lista dos privilegiados do 'banco' da bola figura Pep Guardiola, finalista vencido da Champions, com um salário de € 20, sem impostos, no Manchester City, mais € 3 milhões do que ganhava Carlo Ancelotti, recém-contratado pelo Nápoles, no Bayern de Munique.

Ernesto Valverde, campeão espanhol, tem um ordenado bruto de € 15 milhões no Barcelona, enquanto o oitavo treinador do 'ranking' milionário, o carismático Jurgen Klopp, assinou com o Liverpool um contrato anual de € 14 milhões brutos, suhjeito a descontos. A nona posição pertence a Massimiliani Allegri, que recebe na Juventus € 13,5 milhões brutos, um dos técnicos dados como provável sucessor de Zidane. Em 10º lugar, está Antonio Conte, treinador do Chelsea (€13 milhões).