Tribuna Expresso

Perfil

Futebol nacional

As explicações de Nuno sobre a dupla desaparecida e o jogo direto que cansa

Rio Ave 1-3 FC Porto. Nuno Espírito Santo analisa a vitória, projeta a Roma e volta a ser confrontado com a dupla que desapareceu da convocatória

Expresso

JOSÉ COELHO / Lusa

Partilhar

Nuno - ou NES - entrou a vencer e gostou do que viu. “Entrámos muito bem no jogo, as primeiras ocasiões de golo foram nossas. O Rio Ave tem um estilo de jogo muito de futebol direto e isso é cansativo. Conseguiram marcar primeiro de bola parada, mas depois conseguimos dar a volta”, disse o técnico do FC Porto na flash interview da Sport TV, após o jogo.

“A equipa está a assimilar as ideias e não há um onze definido nem definitivo”, prosseguiu Nuno, que depois foi confrontado com a ausência de Aboubakar e Brahimi dos 18 eleitos para a ficha de jogo. “Aboubakar e Brahimi ficaram de fora por decisão técnica, mas todos os jogadores contam e todos são decisivos”, referiu.

Agora vem aí a Champions: play-off contra a Roma. “Quarta-feira temos um jogo complicado, mas tudo faremos para vencer.”