Tribuna Expresso

Perfil

Futebol nacional

Manuel Machado e a “tormenta” do Nacional

O treinador do Nacional da Madeira que perdeu este sábado por 3-1 com o Benfica, na Choupana, reconhece alguns erros, mas elogia os seus jogadores pela organização que mostraram em campo

Expresso

Comentários

FRANCISCO LEONG

Partilhar

Apesar de reconhecer "alguns erros" do Nacional, no jogo deste sábado contra o Benfica, na Choupana, Manuel Machado considera que os seus jogadores "fizeram um excelente jogo",. Mais ainda tendo em conta que defrontaram uma equipa como o Benfica,"de um nível diferente".

"A equipa esteve muito organizada. Em nenhum momento a equipa entregou o jogo ao Benfica", concluiu.

Ainda que tenham perdido por três golos, o técnico da equipa da Madeira defende que "em termos de jogo jogado", as duas equipas estiveram equilibradas. E reforça o elogio aos seus jogadores pela "organização, espírito combativo, pela estratégia".

Manuel Machado lembra que um terço do plantel não está disponível para jogar, o que se traduz numa "tormenta" pela qual o Nacional está a passar. Mas diz esperar que no futuro tenham "uma equipa bem melhor, com um rendimento mais elevado". O panorama pode ainda "agudizar-se mais", lembra, se for grave a lesão de Ali Ghazal, que acabou por sair do jogo.

O jogo desta noite na Choupana terminou com três golos do Benfica, um deles um autogolo do Nacional e os outros dois marcados por Carrillo e Jiménez. O Nacional conseguiu um golo aos 64 minutos, marcado por Tobias Figueiredo.