Tribuna Expresso

Perfil

Futebol nacional

Nuno Espírito Santo: “Este era um jogo armadilha”

O treinador do FC Porto ficou satisfeito com a exibição portista na vitória sobre o Gafanha da Nazaré (3-0)

Expresso

FRANCISCO LEONG/Getty

Partilhar

Para Nuno Espírito Santo, o Gafanha-FC Porto não era um jogo fácil: era um jogo armadilha. Isto é... “Os jogadores sabiam que este era um jogo armadilha, em que há pouco a ganhar e muito a perder”, explicou o treinador portista.

“Cumprimos com a nossa obrigação, que era vencer. Fizemo-lo de forma contundente, com seriedade e profissionalismo, e seguimos na Taça de Portugal”, acrescentou.

Nuno aproveitou para explicar por que razão escolheu um onze com muitos dos habituais titulares. “A última vez que jogámos foi no dia 1 e era importante os jogadores voltarem a estar juntos e as dinâmicas serem consolidadas”, justificou.

“Agora vamos continuar o nosso crescimento numa prova diferente, a Champions. Estamos preparados”, concluiu. O FC Porto defronta o Brugge, na Bélgica, na terça-feira (19h45, Sport TV1).