Tribuna Expresso

Perfil

Futebol nacional

Jesus: “Houve algum cansaço do jogo da Champions, mas isso não serve de desculpa”

O treinador do Sporting admitiu que o clube não esteve bem na primeira parte, mas que recuperou depois na segunda metade do jogo e conseguiu até contornar o “antijogo do Tondela

Expresso

Partilhar

O treinador do Sporting, Jorge Jesus, não sai triste nem contente do jogo com o Tondela, que os leões empataram a uma bola mesmo no final da partida.

"O Sporting teve um jogo difícil e vem de um jogo com muita intensidade [o da Liga dos Campões na terça-feira frente ao Borussia de Dortmund]. Na primeira parte não fomos uma equipa rápida e com a dinâmica ofensiva forte que como costumamos ser. A equipa do Tondela foi organizada defensivamente e na primeira parte não conseguimos criar oportunidades de golo, mas na segunda parte transformámos o jogo, tentámos flanquear e cruzar bolas. Foi uma boa reação da equipa, como é óbvio com algum cansaço do jogo da Champions, mas isso também não serve de desculpa", disse na flash interview da Sport TV no final do encontro.

Jesus também disse, contudo, que houve "muito antijogo e muitas quebras" da parte do Tondela, o que distraiu e influenciou o jogo, e até notou que "o árbitro deixou que isso avançasse".

Questionado sobre a liderança do Benfica, o treinador do Sporting disse apenas que era "preferível estar com os mesmos ou mais pontos", mas lembrou que "os campeonatos são assim". E... "está tudo em aberto. Há ainda muitos jogos e muitos pontos para conquistar", concluiu.