Tribuna Expresso

Perfil

Futebol nacional

Não jogar (no relvado) para não lutar (nas bancadas). Ou como o Canelas 2010 mete medo

Doze equipas que jogam na Série 1 da Divisão d’Elite anunciaram na Associação de Futebol do Porto que vão faltar aos jogos com o Canelas 2010, de forma a evitarem conflitos

Expresso

Ana Baião

Partilhar

Pressão, coação e violência dentro e fora das quatro linhas, são as principais queixas dos clubes da Associação de Futebol do Porto (AFP) nos jogos em que defrontam o Canelas 2010, clube de Gaia cujo plantel é constituído por vários elementos da claque portista Super Dragões, onde se inclui o seu líder Fernando Madureira, conhecido na gíria futebolística por “Macaco”.

Numa decisão até agora sem precedentes em Portugal, doze equipas, que jogam na Série 1 da Divisão d’Elite, anunciaram esta quarta-feira na AFP que vão faltar aos jogos com o Canelas 2010, de forma a evitarem conflitos. A notícia é avançada pelo “Jornal de Notícias” esta quinta-feira.

As equipas tornaram público que não vão comparecer aos jogos – e logo, perder por falta de comparência e pagar uma multa de 750 euros por jogo –, de forma a evitarem a alegada violência do emblema de Gaia. “Agressões, ameaças e coação” são as queixas dos dirigentes dos 12 clubes alinhados, que com “medo de represálias” não dão a cara para abordar o assunto, conta o matutino.

“A única forma de parar a onda de violência e ameaças é não jogar. É um terror e até os árbitros têm medo, pois não escrevem [nos relatórios] o que se passa nos jogos. Há coação”, diz ao “JN” o presidente de um clube.

Bruno Canastro, presidente do Canelas 2010, mostra-se “estupefacto” com esta notícia. “Damos, como sempre fizemos, todas as condições para os clubes jogarem. É um sentimento de injustiça brutal”, diz ao matutino.

Esta decisão foi tomada na terça-feira à noite, numa reunião secreta de presidentes. Dos 14 clubes que competem na Série 1 da Divisão d’Elite, só o Candal vai entrar em campo nos jogos com o Canelas 2010.

A Série 1 da Divisão d’Elite da Associação de Futebol dom Porto é o principal campeonato da maior associação do país, cujo campeão garante o acesso ao Campeonato de Portugal (terceira divisão).