Tribuna Expresso

Perfil

Futebol nacional

Manuel Machado: “Empate sabe-me a pouco”

O treinador do Nacional admitiu que o Sporting entrou bem na partida, mas a sua equipa soube defender e criar oportunidades de golo

Expresso

HOMEM DE GOUVEIA/ Lusa

Partilhar

Manuel Machado considerou que o Nacional poderia ter vencido a partida frente ao Sporting. No final do jogo, em declarações à Sport TV, o treinador dos madeirenses disse que “faltou uma ponta de felicidade”.

“Na segunda parte tivemos duas ou três oportunidades que com outra felicidade podiam ter entrado. Com a tal ponta de felicidade que não tivemos, se calhar [o resultado] sabe-me a pouco”, referiu Manuel Machado. “Ao intervalo disse-lhes que precisávamos de ter mais atrevimento”, acrescentou.

Manuel Machado negou que Rui Silva seja um dos guarda-redes mais batidos - quem é batido é a equipa do Nacional. Para o treinador, Silva “é um dos valores mais interessantes, ao nível da sua posição e pela sua idade, no futebol português” e que no futuro “será uma referência na baliza”.