Tribuna Expresso

Perfil

Futebol nacional

Francisco Agatão: "Ficámos nas nuvens e agora baixámos à Terra"

O treinador do Praiense garante que a equipa "fez o que pode" e, mesmo saindo de Alvalade goleada, "deu imagem de alguma qualidade". Assume ainda que foi dificil acompanhar a intensidade dos jogadores do Sporting

Expresso

MIGUEL A. LOPES / LUSA

Partilhar

Após a derrota da sua equipa contra o Sporting por 5-1, Francisco Agatão, técnico do Praiense, começou por referiu que os açorianos tiveram "uma boa entrada" em Alvalade, surpreendendo o Sporting.

"Foi um dia especial para todos nós, particularmente para os jogadores, e a concretização disso mesmo foi o golo", frisou

Agatão sublinhou que a equipa criou algumas dificuldades, mas "sabia que o Sporting pela sua capacidade e qualidade do seu plantel, independentemente da equipa que apresentasse, ia causar imensos problemas". O treinador mencionou ainda que esses problemas se fizeram sentir logo "no início da segunda parte e com o passar do tempo a equipa ressentiu-se do ponto de vista físico".

"Os últimos dias não foram fáceis para nós, o mediatismo que nos deram fez-nos ficar nas nuvens e agora baixámos à Terra. Lembro que foi a primeira derrota da época e contra um clube que é um dos grandes em Portugal", declarou Agatão, que se mostro orgulhoso pelo trabalho da sua equipa que estava há 13 jogos sem perder.