Tribuna Expresso

Perfil

Futebol nacional

Nuno Espírito Santo: “Precisavamos todos desta vitória”

O teinador do FCP está feliz. Ganhou um jogo depois de mais 500 minutos sem ganhar. Levantou a moral da equipa e dos adeptos e ganhou uma opção nova: Rui Pedro, de 18 anos, o autor do golo aos 95 minutos

Expresso

JOSÉ COELHO/ Lusa

Partilhar

O treinador do Futebol Clube do Porto, Nuno Espírito Santo, não podia estar mais feliz com o resultado do jogo deste sábado à noite contra o Sporting de Braga. Depois de mais de 500 minutos sem ganhar, conseguiu vencer por 1-0, mesmo no final da partida, aos 95 minutos, e com um golo de Rui Pedro, de apenas 18 anos. Uma vitória que diz que era essencial para a equipa e para os adeptos.

""Estou feliz essencialmente pelos jogadores e pelo apoio que tiveram. O Dragão merecia esta vitória depois de uns resultados menos conseguidos. Foi um jogo sempre dinâmico e dominador, mas estivémos a sofrer ate ao fim. E depois de 30 remates e tantas ocasiões, é um momento de alívio e de alegria. Precisavamos todos desta vitória. O clube, os jogadores e o Dragão. Porque sabemos que quem mais sofre são os nossos adeptos", disse à Sport TV no final do encontro.

Para Nuno Espírito Santo, a equipa foi claramente mais forte, apesar de o Braga ter mantido uma aposta no ataque em vez de na defesa, pelo menos até à expulsão de um dos jogadores, deixando-o com apenas 10.

"A equipa produziu, conseguimos muitíssimas ocasiões e o golo apareceu no fim, mas podia ter aparecido muito antes. E aí a história teria sido outra. Mas o Braga é um advserário que se mostrou a disputar o jogo e só quando condicionado com 10 homems é que poassou a defender mais", disse ainda.

O treinador do FCP quer agora aproveitar o momento. "O importante são os três pontos e o poder aproveitar este momenrto para potenciar o nosso crescimento. Não nos vamos render.Temos muita coisa para melhorar e vamos potenciar este momento, porque os jogadores precisavam deste momento para se libertar e acreditar no trabalho que têm feito, porque ainda falta muitissimo campeonato".

Até porque Nuno Espírito Santo acredita que "os resultados não têm identificado o jogo que a equipa tem feito" e garante que, apesar de ter ganho mais três pontos, a equipa ainda não está na posição que quer estar.

Quanto ao jovem Rui Pedro, que inesperadamente marcou o golo da vitória, Nuno Espírito Santo diz apenas que o jogador é agora "mais uma opção".

"Não abandonamos nenhum jogador, mas interpretamos os momentos e tomamos decisões para potenciar os momentos dos jogadores. Hoje fui o Rui, parabéns, mas antes tinham sido outros e todos são opções", concluiu.