Tribuna Expresso

Perfil

Futebol nacional

Para amanhã, é “cabeça levantada e olhos nos olhos”, diz Rui Vitória

Embora tenha sido convocado, é muito provável que Jonas, que ainda se encontra lesionado, não seja uma das opções do treinador do Benfica

Helena Bento

Comentários

PATRICIA DE MELO MOREIRA/GETTY IMAGES

Partilhar

Embora tenha sido convocado, é muito provável que Jonas não seja uma das opções do treinador do Benfica para o jogo de amanhã frente ao Sporting. “O Jonas estará fora do jogo numa probabilidade de 80-20 por cento. Ou seja, 80 por cento fora do jogo. 20 por cento dentro do jogo. Ainda vamos ver”, afirmou Rui Vitória, na conferência de imprensa de antevisão ao jogo, este sábado ao final da tarde.

Sobre a derrota do Benfica frente ao Nápoles, por 1-2, no estádio da Luz, Vitória afirmou que “todas as equipas queriam estar na posição dos encarnados”, uma vez que “garantiram o apuramento para a próxima fase da Liga dos Campeões”. “Nós perdemos e não queríamos ter perdido. Em 40 e tal jogos, perdemos uma vez e não estamos agarrados ao passado. Sabemos o que fizemos bem e mal. São jogos, são momentos e o jogo de terça-feira é diferente, perdemos, mas alcançámos os objetivos”, afirmou.

Quanto ao jogo com o Sporting, este domingo, Rui Vitória diz querer que o Benfica “olhe nos olhos” o adversário. “Temos a noção da exigência e da responsabilidade. Temos de enfrentar o jogo de cabeça levantada e de olhos nos olhos. Jogando em nossa casa, perante mais de 60 mil benfiquistas, vamos para o jogo com esta vontade e esta determinação muito grande. Estes são os alicerces do ponto de vista mais psicológico que serão importantes para o jogo de amanhã”.