Tribuna Expresso

Perfil

Futebol nacional

Quim Machado: “Foi pena, faltou aquela pontinha de sorte”

O treinador do Belenenses admitiu estar “triste” por perdido com um golo praticamente na última jogada, porque viu os jogadores do Belenenses a fazerem tudo bem - apesar de alguns, durante a semana, terem estado com a cabeça noutro lado

Expresso

M\303\201RIO CRUZ

Partilhar

O jogo que o deixa triste

"Quando se perde no ultimo minuto é triste. No fundo, está um trabalho de 90 e tal minutos que, num lance, acabamos por perder um ponto. Estivemos muito desfalcados. Estávamos com 17 jogadores, o Gerso com uma transferência na cabeça... Os meus jogadores merecem um respeito enorme por tudo o que fizeram contra uma grande equipa, como o Sporting."

"Criámos alguma oportunidade e é pena perdermos o jogo num cruzamento, num dos últimos lances."

A equipa que joga bem, mas não ganha

"Não gosto de perder. A confiança ganha-se com vitórias. Falta-nos o golo. A equipa joga bem, tem confiança, consegue jogar a toda a largura do terreno. Perder assim dói mas há que trabalhar. A confiança sempre existiu."

"Sabemos como trabalhamos e não há nada a apontar aos jogadores, eles têm estado bem. Falta aquela pontinha de sorte, que às vezes é necessária, e que hoje não nos acompanhou. Estou a lembrar-me daquele lance aos 40 minutos, do contra-ataque de três para um. Foi pena, mas é o futebol."

A janela de transferências que não vai ser fácil

"Temos muitos jogadores no mercado. Não vai ser fácil para o jogador conseguir gerir esta situação [de haver jogadores ligados a outros clubes e com o futuro por definir], mas sabemos que aparecem sempre nomes que vêm cá para fora. Vamos ver o que acontece."