Tribuna Expresso

Perfil

Futebol nacional

Dia de Sporting: a candidatura de João Benedito (?), os proscritos de Pedro Rodrigues e a “revolta” contra a FPF

Nos jornais desportivos de hoje há entrevistas (a Fernando Santos) e novidades sobre as eleições de Alvalade

Expresso

PATRICIA DE MELO MOREIRA

Partilhar

Bom dia,

Como é da praxe em épocas festivas, sucedem-se as entrevistas de jogadores e personalidades do desporto ao jornais desportivos. Das que hoje chegam à banca, a mais interessante e curiosa é a que Fernando Santos deu ao “Record”. Sobretudo, por causa desta resposta:

“R - Em que momento adquiriu a convicção de que Portugal podia ser campeão da Europa? Quando assumiu o cargo, garantiu a qualificação ou chegou a França?
FS - Foi muito antes disso. Um dia, estava eu no Estrela da Amadora, a Céu Freitas, jornalista do Record, (...) perguntou-me quem devia ser o selecionador nacional. Respondi: ‘Eu’. Já lá vão uns bons 20 anos. (...) Sempre achei que faltava algum realismo. E pensei que, quando o tivéssemos, podíamos ser campeões.”

Uma premonição com duas décadas.

Posto isto, viremo-nos para o universo Sporting que está em destaque nos três desportivos por razões extra-futebol. Comecemos pelo Record, no qual se escreve que os “leões [estão] revoltados com decisões da FPF”. Por três motivos.

Primeiro: a questão dos títulos. O Sporting entende que a Federação não agiu da melhor forma e terá feito um “erro de julgamento” ao ter creditado quatro Taças de Portugal e não quatro campeonatos aos leões. Citando uma fonte leonina: “Os títulos parecem ter sido ‘dados pelo informático”.

Segunda e terceira razões: os golos de Peyroteo, que o Sporting que ver reconhecido como o maior goleador da história do futebol português; e a condução do caso dos vouchers.

No jornal “A Bola” argumenta-se que João Benedito, antigo guarda-redes de futsal do Sporting e da seleção nacional, “pode avançar já para eleições”. Segundo o jornal, Benedito está a “ser pressionado por vários quadrantes do universo sportinguista desde que começou a entrar mas na ordem do dia a questão eleitoral”.

Quem já decidiu ir a votos contra Bruno de Carvalho é Pedro Madeira Rodrigues, que apresentará oficialmente a sua candidatura amanhã. De acordo com o jornal “O JOGO”, “a base de apoio de Pedro Madeira Rodrigues é constituída sobretudo por antigos apoiantes de Bruno de Carvalho e Pedro Baltazar”: Vítor Ferreira, Rui Mogrado (antigos vice-presidentes do clube e da Mesa da AG da SAD), Rui Vinhas da Silva, José Vieira Sampaio, Ricardo Pina Cabral, Luís Rasquete, Nuno Fernandes Thomaz e Tomás Froes.

Para o fim, deixamos-lhe algumas dicas para quem gosta de bola dentro de campo: Watford - Crystal Palace (a decorrer, na SportTV3), Man. United - Sunderland (15h, SportTV3) e Hull City - Man. City (17h15, SportTV3).

Partilhar