Tribuna Expresso

Perfil

Futebol nacional

Augusto Inácio: "Nunca se ganham jogos sem um bom meio-campo"

Técnico do Moreirense admitiu as fragilidades da sua equipa na linha média e reconhece que a vitória do FC Porto é justa. "Faltou-nos capacidade e categoria para mais", sublinha Inácio, que espera melhorias dos minhotos na 2.ª volta

Expresso

OCTÀVIO PASSOS/LUSA

Partilhar

Dificuldades no meio-campo

“Primeiro queria dar os parabéns ao FC Porto, que foi a melhor equipa em campo, sem discussão. Nunca se ganham jogos sem um bom meio-campo e estávamos debilitados. Tentámos contrariar o maior fulgor ofensivo, mas depois o FC Porto tomou conta do jogo, criou oportunidades e estava-se à espera que marcasse, tal era a avalanche ofensiva”.

O que não gostou

“Aquilo que não gostei foi da minha equipa em posse de bola. Houve momento em que o FC Porto nos fez correr muito e depois nós tínhamos a bola e em pouco segundos perdiamo-la. Até em lançamentos de linha lateral. Isso foi desgastante e depois ainda houve a expulsão que nos deixou com 10. O FC Porto faz um segundo golo num contra-ataque, num lance que podíamos ter matado com uma falta, e a partir daí o jogo terminou. Vitória justa do FC Porto, faltou-nos capacidade e categoria para mais”.

Luta pela permanência

“Esperemos que não seja bem até final. Vai ser uma luta titânica para ficar na Primeira Liga. Penso que o Moreirense pode fazer muitos mais pontos que na 1.ª volta”.

  • O dia em que o FC Porto ganhou a toda a gente

    FC Porto

    Dragões fecharam a 1.ª volta a ganhar não só ao Moreirense (3-0) mas também a Benfica e Sporting, que escorregaram no sábado. Num encontro entre o adormecido e o frenético (e depois adormecido outra vez), Óliver, André Silva e Marcano marcaram e as águias já só estão a 4 pontos