Tribuna Expresso

Perfil

Futebol nacional

Nuno foi expulso e falou o adjunto: “Foram emoções que se geram ao intervalo”

Nuno Espírito Santo foi expulso no meio do sururu que aconteceu ao intervalo e, por isso, o seu treinador adjunto teve a palavra no final. Rui Pedro Silva disse que o FC Porto cumpriu o plano que definiu para o jogo

Expresso

MIGUEL RIOPA

Partilhar

O que tirou NES do jogo

"Expulsão do Nuno? Foram emoções que se geram ao intervalo. Não vi nenhuma situação que causasse a expulsão. Mas o árbitro assim entendeu. A falta pôs a integridade física do Corona em causa."

A vitória

"Foi uma vitória importante e uma demonstração da nossa força e caminho. Entrámos bem, podíamos ter marcado mais e resolvido o jogo mais cedo, até. Mas cumprimos o plano estabelecido para este jogo."

"Na segunda parte há uma reação do Boavista, mas não senti nenhuma quebra física da nossa equipa. A rotação e as substituições foram normais."

Soares a jogar e marcar e André Silva no banco

"A mensagem que temos passado sempre é que todos os jogadores estão disponíveis para jogar. O nosso plano foi simples. O dérbi é sempre um jogo difícil e a massa associativa ajudou. Montámos uma equipa para ter o controlo de jogo e conseguimos.»