Tribuna Expresso

Perfil

Futebol nacional

Jorge Jesus: “Tenho muita confiança nos miúdos, mas ainda têm muito para aprender”

O treinador do Sporting diz que aposta em Podence e Matheus no jogo contra o Tondela correu bem porque é a jogar que eles aprendem e se tornam melhores

Expresso

PATRICIA DE MELO MOREIRA

Partilhar

O treinador do Sporting, que este sábado à noite venceu o Tondela por 1-4, ficou satisfeito com a prestação da sua equipa e considerou que foi uma boa aposta deixar jogar "os miúdos" Matheus Pereira e Daniel Podence.

"Estes miúdos que entraram ainda têm muito para crescer, mas para errarem e aprederem têm de jogar. Tenho muita confiança neles", disse à Sport TV no final do encontro que considerou "um bom jogo".

"Fizemos um bom jogo com alguns períodos divididos com o Tondela, o que é normal. É impossível uma equipa estar os 90 minutos sempre por cima da outra. Mas quando fizémos o 2-1 o Tondela deu-nos mais espaço e depois acabámos por fazer quatro golos e podíamos ter feito cinco", comentou, referindo-se ao penalti falhado de Bas Dost.

Ainda assim, Jorge Jesus ficou satisfeito com aprestação do holandês, já que foi ele a marcar os quatro golos da partida. "O Bas Dost já tinha feito uma vez quatro golos na carreira, não no Sporting, podia ter feito cinco e batia o recorde dele. Ele tem de lutar muito para ganhar o troféu [de melhor marcador da Liga] e por isso insisti que ele fizesse o terceiro penálti", contou.

Jorge Jesus comentou ainda que, apesar de estar a lutar pelo terceiro lugar e não pelo primeiro e segundo lugares, não muda a exigência que pede aos jogaodores.

"Eles não podem desligar da ficha porque não deixo e porque jogam no Sporting e temos de defender uma posição de Champions. Estou habituado a jogar para o primeiro e segundo lugar, mas não temho menos adrenalina", rematou.