Tribuna Expresso

Perfil

Futebol nacional

E o nomeado para o jogo do dia da mentira é ... Carlos Xistra

Árbitro de Castelo Branco, mal-amado no reino do dragão, foi o escolhido para apitar o, quem sabe, decisivo clássico Benfica-FC Porto

Isabel Paulo

FRANCISCO LEONG

Partilhar

Já há árbitro para o esperado clássico da Luz, da 27ª jornada, a disputar sábado, dia 1 de abril, às 20h30h avançou a RTP. Carlos Xistra apitará o escaldante Benfica-FC Porto, o seu 25º jogo esta época, entre Liga NOS, II Liga, Taça de Portugal, da Taça CTT e Liga Europa.

Na presente temporada, o árbitro da Associação de Futebol de Castelo Branco já dirigiu duas partidas do clube da Luz e duas dos dragões, que se traduziram em outras tantas vitórias. - Benfica-Marítimo 6-0 (Taça de Portugal) e Guimarães-Benfica 2-0 (I Liga). Em relação aos jogos do FC Porto, ao Braga ganhou por 1-0 e bateu o Guimarães no Afonso Henriques por 2-0, ambos a contar para a I Liga.

A opção do Conselho de Arbitragem não deverá ser aplaudida pela SAD portista, que criticou duramente a atuação de Xistra no jogo da 25º jornada de março do ano passado. Em Braga, a equipa então treinada por José Peseiro saiu derrotada por 3-1, num jogo que que o FC Porto reclamou um penalti não assinalado e colocou em causa a competência do árbitro.

No encontro em que José Peseiro foi expulso, a newsletter Dragões Diário considerou que o senhor Carlos Xistra estava ao nível dos “senhores Rui Costa e Jorge Ferreira, numa perspetiva benevolente são muito maus árbitros e t~em a infelicidade - ou, se calhar a felicidade - do denominador comum do lucro dos erros ser sempre o mesmo”. O visado nos alegados benefícios era o Benfica, que então liderava o campeonato com seis pontos de vantagem sobre o FC Porto.

A Liga Portugal ainda não divulgou no seu site as nomeações da 27ª jornada deste fim de semana.