Tribuna Expresso

Perfil

Futebol nacional

Líder da APAF revoltado com escolha do árbitro para o Canelas: é de 4ª categoria e "só quer protagonismo, é uma vergonha"

Já há árbitro para o Maia-Canelas 2010 de hoje. Luciano Gonçalves, líder da APAF, acusa Rui Oliveira, árbitro de 4ª categoria, de estar a fazer um favor à AF Porto e de só olhar para o seu umbigo, sem pensar nos colegas e no bem da arbitragem

Isabel Paulo

Partilhar

O presidente da Associação Portuguesa de Árbitros de Futebol (APAF) afirma ao Expresso que é “uma vergonha e uma imprudência” a AF do Porto tar mantido a realização do jogo na Maia, quando a própria associação abriu um processo disciplinar ao Canelas 2010. Além de não poupar Lourenço Pinto, o presidente da AF Porto que “sempre fechou os olhos ao clima de intimidação” nos jogos do Canelas, Luciano Gonçalves acusa Rui Oliveira de só querer “protagonismo” ao aceitar apitar um encontro que ao qual a maioria dos colegas pediu escusa.

“É uma vergonha inqualificável. Rui Oliveira de árbitro não tem nada, quer protagonismo e não sei se será só isso”, frisa o líder da APAF, que revelou ao Expresso que o árbitro, de 44 anos, terá como assistentes o próprio filho, Nelo Oliveira e Fábio Silva, outro miúdo.“

Luciado Gonçalves não vai comparecer ao encontro Maia Lidador-Canelas, garantindo que não faria sentido estar presente após a classe ter recusado dirigir jogos da equipa capitaneada por Fernando Maduraira, líder dos Super Dragões, enquanto a AF Porto não tomasse mediadas punitivas contra o Canelas 2010.

“Claramente Lourenço Pinto quer estar bem com Deus e o diabo, sem pensat na na integridade física dos árbitros e jogadores ennvolvidos no jogo de hoje”.

Ao que o Expresso apurou junto de fonte do Conselho da Arbitragem da FPF, a AF Porto tinha pedido à equipa de arbitragem para não revelar que ia apitar o contestado encontro até à hora do jogo.

No Estádio José Vieira de Carvalho vai estar um forte contingente policial e polícia de intervenção nas imediações dada a gravidade da agressão de Marco 'Orelhas' ao árbitro José Rodrigues no jogo com o rio tinto há uma semana. A agressão à joelhada ao árbitro que partiu o nariz e necessitou de cirurgia reconstrutiva foi notícia em vários jornais europeu, que titularam o canelas 2010 de equipa mais violenta do mundo. A TV Galicia é um dos meios de comunicação estrangeiros que estarão presentes na Maia.