Tribuna Expresso

Perfil

Futebol nacional

Depois das agressões e dos festejos de raiva, o adeus - Abel Camará deixa o Belenenses

Abel Camará marcou o primeiro golo da vitória (1-3) do Belenenses, em Alvalade e, pouco depois, anunciou a saída do clube pelo Instagram. Assim acaba uma semana em que foi insultado pelos adeptos e se queixou de tentativas de agressão a ele, e à mulher grávida

Diogo Pombo

PATRICIA DE MELO MOREIRA

Partilhar

"Decidi que este seria o meu último jogo com esta camisola."

Esta foi a frase que, minutos após o Belenenses vencer o Sporting, em Alvalade, por 1-3, Abel Camará publicou na sua conta do Instagram, a acompanhar uma fotografia na qual se vê o equipamento que utilizou, as caneleiras e as chuteiras (a conta está fechada).

O avançado marcou o primeiro golo da equipa, na segunda parte, ao exigir e assumir um penálti quando não seria ele batedor da equipa - a reação dos companheiro e de Domingos Paciência, no banco de suplentes, assim o deu a entender. Abel Camará marcou o penálti, fez o 1-0, e festejou muito: pontapeou a bandeirola de canto, puxou a camisola, apontou para os adeptos e beijou o símbolo do clube.

O golo e a vitória surgem no final de uma semana em que o jogador falou numa conferência de imprensa convocada pelo Sindicato de Jogadores de Futebol Profissional, a denunciar uma situação de que foi alvo da parte dos adeptos do Belenenses. Esta foi a mensagem que escreveu no Facebook, na altura:

E este é o resto da mensagem que deixou este domingo, no Instagram, no final da vitória contra o Sporting. Foi, portanto, o último jogo de Abel Camará pelo Belenenses, a duas jornadas do fim do campeonato:

"É o melhor a fazer neste momento. Saio de cabeça erguida e muito feliz num momento em que depois de sete jogos a perder, conseguimos vencer aqui em Alvalade, após 62 anos. Depois da Liga Europa, consigo mais uma vez entrar na historia deste clube. É um clube enorme, que me deu tudo. Quero agradecer a este homem Rui Pedro Soares, mas tenho de pensar na minha família, vou ser pai para a semana."

Partilhar