Tribuna Expresso

Perfil

Futebol nacional

Proença pede celeridade na investigação às denúncias do FC Porto

O presidente da Liga diz que confia "nas instâncias judiciais e disciplinares" para investigarem o caso dos alegados e-mails do Benfica

Lusa

Pedro Proença é presidente da Liga

Rui Duarte Silva

Partilhar

O presidente da Liga Portuguesa de Futebol Profissional (LPFP), Pedro Proença, pediu hoje celeridade e serenidade na investigação às denúncias do FC Porto sobre a alegada influência do Benfica na arbitragem.

"Confio nas instâncias judiciais e disciplinares e respeito inteiramente o princípio da separação de poderes, pelo que caberá aos órgãos disciplinares a tomada de qualquer posição sobre este ou qualquer outro tema", disse Pedro Proença à Agência Lusa, à margem das atividades relacionadas com o recrutamento e formação de delegados da Liga.

Para Pedro Proença, "a resolução deverá ser célere, sem, no entanto, deixar de respeitar os diretos que assistem a todos os intervenientes".