Tribuna Expresso

Perfil

Futebol nacional

Abel Ferreira e as três perguntas mágicas

O treinador do Braga questionou a decisão do árbitro e defendeu que o golo anulado era válido

Expresso

Mário Cruz/ Lusa

Partilhar

“O que falhou no jogo?
O que aprendemos com o jogo?
O que vamos fazer no futuro?”

Eis as três perguntas mágicas de Abel Ferreira. Após a derrota frente ao Benfica, esta quarta-feira à noite, o treinador do Braga defendeu que é preciso reconhecer as falhas e trabalhar para melhorar. Em declarações à BTV, no final do jogo, questionou a anulação de um golo.

“Se o vídeoarbitro serve para a veracidade dos lances… A informação que tenho e que a minha assessoria tem é que o golo do Horta é válido”, disse. “Se aquele golo tivesse sido validado teríamos lutado com o adversário até ao fim ”, defendeu.

No entanto, Abel Ferreira admitiu que faltou “um bocadinho mais de eficácia” aos bracarenses, que não foram capazes de concretizar nas primeiras oportunidades. Já o Benfica, referiu o treinador, tem “essa capacidade”.

“Resta-me dar os parabéns porque o adversário foi melhor”, disse Abel Ferreira. “queremos estar entre os melhores. É impossível discutir financeiramente com o Benfica. Queremos andar nos quatro primeiros e temos de arrepiar caminho no próximo jogo”, acrescentou.

Esta quarta-feira, o estádio da Luz, o Braga perdeu por 3-1 frente ao Benfica.