Tribuna Expresso

Perfil

Futebol nacional

Domingos Paciência: “Dois erros ditaram o fecho deste jogo”

Sem retirar o mérito do triunfo benfiquista, o treinador do Belenenses saiu da Luz convicto de que os erros cometidos pela sua equipa ajudaram a desnivelar o resultado

Lusa

MÁRIO CRUZ / Lusa

Partilhar

"O jogo praticamente ainda não tinha começado e já estávamos a perder. Um golo sofrido aos dois minutos coloca em causa a estratégia de jogo. Cometemos dois erros em que ditámos o fecho deste jogo. A equipa trabalhou, discutiu o jogo, teve uma oportunidade. Depois, na segunda parte, a equipa esteve melhor e no fim voltou a quebrar.

(Sobre a continuidade de uma defesa com três centrais) O Belenenses já não perdeu por três e por quatro a jogar com outros sistemas. Sabíamos perfeitamente o adversário que íamos enfrentar. Há que assumir a responsabilidade. Há jogos para fazer, este jogo era do nosso campeonato, mas era difícil obter um bom resultado.

(Sobre qual o candidato ao título mais forte) O campeonato tem três jornadas. Neste momento, é difícil dizer que o Benfica está melhor que o Porto e que o Porto está melhor que o Sporting. A equipa que conseguir ser mais regular consegue os seus objetivos. Há coisas que estão a ser consolidadas e com a minha equipa passa-se o mesmo. Ainda é muito precoce.

(Sobre um eventual impacto da goleada na equipa) Acho que não. Os jogadores têm consciência do que fizeram e não fizeram e que no próximo jogo em casa temos de ganhar. São três pontos que estão em causa. Era um jogo bastante difícil e este não era o resultado que eu esperava. É um exame demasiado forte para pôr em causa as fragilidades ou mais-valias que possamos ter. Não pode pôr em causa nada do que estamos a fazer. Mesmo perdendo da forma que perderam, não lhes posso apontar nada. Temos consciência do caminho que temos traçado e não é este resultado que nos vai atirar ao chão."