Tribuna Expresso

Perfil

Futebol nacional

Miguel Cardoso: "Disse aos jogadores que lhes daria um abraço forte se o desempenho deles me tivesse satisfeito. Isso aconteceu"

Treinador do Rio Ave ficou contente com o desempenho da equipa apesar da derrota frente ao FC Porto por 2-1. "Estamos no bom caminho e mesmo quando perdemos, perdemos sabendo que vamos ser melhores no futuro", sublinhou Miguel Cardoso, em declarações à Sport TV

Expresso

Partilhar

Feliz com os jogadores

“Tinha dito aos meus jogadores que havia uma coisa que queria que acontecesse. Que eu lhes daria um abraço forte se o desempenho deles me tivesse satisfeito. Isso aconteceu: dei-lhes um abraço individual. Independentemente do resultado, é um momento de satisfação. Foi um gosto ver a equipa do Rio Ave a jogar”.

Vitória moral?

“Não há vitórias morais, não gosto disso, não nos alimentam. Mas estamos juntos, agregados e muito determinados. Estamos no bom caminho e mesmo quando perdemos, perdemos sabendo que vamos ser melhores no futuro”.

Tática do FC Porto

“Estávamos preparados para as diferentes variantes táticas do FC Porto. Indiscutivelmente fizemos uma excelente 1.ª parte. Sabíamos que tínhamos de ser muito pressionantes, ter bola, estar subidos. No início da 2.ª parte tivemos alguns momentos de menor capacidade e isso permitiu ao FC Porto criar problemas”

Nuno Santos titular

“Todos os jogadores estão conscientes dos comportamentos que têm de ter nas suas posições. Optei pelo Nuno Santos, ele jogou, jogou bem, como jogaria o Gabriel. Aliás, isso provou-se quando fizemos as substituições e regresámos ao jogo. Marcámos e tivemos possibilidade até de chegar ao empate”.