Tribuna Expresso

Perfil

Futebol nacional

PS e PSD pedem audição do presidente da FPF no Parlamento

PS e PSD pediram hoje a audição no parlamento do presidente da Federação Portuguesa de Futebol (FPF), Fernando Gomes, que alertou para os "sinais de alarme" decorrentes da "apologia do ódio" na modalidade

Lusa

Partilhar

Os dois partidos requerem que Fernando Gomes seja ouvido na comissão parlamentar de Cultura, Comunicação, Juventude e Desporto, para explicar os seus alertas.

No requerimento, os deputados sociais-democratas sublinham que o presidente da FPF alerta para um "clima de ódio e violência, uma mistura potencialmente explosiva que tem de ser travada, antes que seja tarde demais".

O PSD justifica o pedido de audição afirmando que a Assembleia da República "não pode deixar de atribuir significado e importância a estas posições", citando as palavras do dirigente desportivo.

O presidente da Federação Portuguesa de Futebol alertou hoje para os "sinais de alarme" decorrentes da "apologia do ódio" e de um "constante tom de crítica em relação à arbitragem", instando à ação dos clubes e Estado.

Num artigo publicado nos três jornais desportivos, Fernando Gomes advertiu que "há muito para fazer no futebol português", começando por ter "uma Liga forte", responsabilizando os clubes para este desígnio.