Tribuna Expresso

Perfil

Futebol nacional

“Não se espera que o sr. Pedro Guerra perceba o modo de funcionamento de um clube, pois nunca jogou futebol, não foi técnico nem dirigente”

Pedro Guerra insinuou que o Portimonense não tinha utilizado um jogador para favorecer o FC Porto e os algarvios não gostaram: “As suspeitas levantadas pelo sr. Pedro Guerra são completamente absurdas, pelo que o Portimonense não pode deixar passar incólume tal situação”

Expresso

Partilhar

O Portimonense decidiu responder ao que diz serem comentários "lesivos da honra e honestidade" do clube, proferidos pelo ex-diretor da Benfica TV, Pedro Guerra, no programa "Prolongamento", emitido pela TVI24 na segunda-feira à noite.

"O sr. Pedro Guerra insinuou que no jogo que opôs o Portimonense ao FC Porto, o treinador do Portimonense Vítor Oliveira, não colocou o seu melhor defesa central, o Lucas, a jogar, de forma a facilitar a 'vida' ao FC Porto", começa por dizer o comunicado publicado no site oficial do Portimonense.

"Importa esclarecer que não existem enigmas, nem fenómenos extraordinários nem mistérios no Portimonense. O jogador Lucas passou a noite anterior ao jogo a vomitar, tendo dado entrada na Clínica Médica Arrifana de Sousa, em Penafiel, na manhã da partida, tendo-lhe sido diagnosticada uma Gastroenterite Viral", explica o clube, que sugere a Pedro Guerra que se desloque ao Algarve para uma 'formação'.

"Não se espera que o sr. Pedro Guerra perceba o modo de funcionamento do 'balneário' de um clube, pois nunca jogou futebol, não foi técnico nem dirigente, bem como nunca esteve em nenhuma estrutura directiva de um clube de futebol", criticam os algarvios.

"Caso o sr. Pedro Guerra deseje alargar o seu conhecimento sobre futebol, a fim de começar a transmitir 'sempre' a verdade e não puras especulações e mentiras, o Portimonense convida-o desde já a deslocar-se até Portimão, onde a estrutura directiva e técnica, bem como os colegas de profissão - que vivem o dia-a-dia do clube efectuando trabalho jornalístico sério, sem falsas notícias e sensacionalismo barato, o receberá, explicando-lhe com todo o gosto o modo de funcionamento de um clube honesto e honrado, que nada tem de mistério e que está na primeira Liga por mérito desportivo".

Comunicado do Portimonense na íntegra

"No espaço televisivo "Prolongamento", emitido pela TVI 24 no dia 25.09.2017, dedicado à opinião de três comentadores, desta feita sobre a 7.ª Jornada da I Liga, o comentador Pedro Guerra teceu comentários sobre o Portimonense, lesivos da honra e honestidade do Portimonense.

O Sr. Pedro Guerra insinuou que no jogo que opôs o Portimonense ao FC Porto, o treinador do Portimonense Vítor Oliveira, não colocou o seu melhor defesa central, o Lucas, a jogar, de forma a facilitar a "vida" ao FC Porto.

Antes de mais, importa esclarecer que não existem enigmas, nem fenómenos extraordinários nem mistérios no Portimonense. O jogador Lucas passou a noite anterior ao jogo a vomitar, tendo dado entrada na Clínica Médica Arrifana de Sousa, em Penafiel, na manhã da partida, tendo-lhe sido diagnosticada uma Gastroenterite Viral.

Como é óbvio, o Lucas, encontrando-se deveras debilitado, não pôde fazer parte dos jogadores disponíveis para o jogo com o FC Porto.

O Sr. Pedro Guerra, que por sinal acertou numa das muitas características do treinador Vítor Oliveira caso da frontalidade, estava muito indignado porque o treinador Vítor Oliveira não tinha explicado o motivo do Lucas não ter jogado.

Pois bem, o Portimonense responde a essa indignação de uma forma muito simples: PORQUE NENHUM JORNALISTA PERGUNTOU!

De forma alguma o Sr. Pedro Guerra pode colocar em causa o profissionalismo e a honestidade do treinador Vítor Oliveira, cujo curriculum fala por si.

Não se espera que o Sr. Pedro Guerra perceba o modo de funcionamento do "balneário" de um clube, pois nunca jogou futebol, não foi técnico nem dirigente, bem como nunca esteve em nenhuma estrutura directiva de um clube de futebol.

No entanto o Portimonense não pode admitir de modo algum que alguém coloque em causa o bom nome da Instituição e a sua honestidade, ainda para mais da forma leviana, infundada e insustentável, que o Sr. Pedro Guerra colocou.

As suspeitas levantadas pelo Sr. Pedro Guerra são completamente absurdas, pelo que o Portimonense não pode deixar passar incólume tal situação.

O Portimonense não está na I Liga para facilitar ninguém, muito pelo contrário, está para disputar todos os jogos até ao fim, criando todas as dificuldades possíveis para os adversários, que são TODOS os clubes que militam na Liga.

Caso o Sr. Pedro Guerra deseje alargar o seu conhecimento sobre futebol, a fim de começar a transmitir "sempre" a verdade e não puras especulações e mentiras, o Portimonense convida-o desde já a deslocar-se até Portimão, onde a estrutura directiva e técnica, bem como os colegas de profissão - que vivem o dia-a-dia do clube efectuando trabalho jornalístico sério, sem falsas notícias e sensacionalismo barato, o receberá, explicando-lhe com todo o gosto o modo de funcionamento de um clube honesto e honrado, que nada tem de mistério e que está na primeira Liga por mérito desportivo.

O Portimonense coloca-se desta forma à disposição para ajudar o Sr. Pedro Guerra, a colmatar a sua falta de conhecimento real, de modo a que sirva para um aumento do nível do futebol português, que é um futebol rico de jogadores, de dirigentes, de adeptos, que conseguiu ser campeão Europeu e que por sinal tem o melhor jogador do mundo.

Temos um Estádio e um Centro de Estágio pronto para o receber, caso o Sr. Pedro Guerra fique entusiasmado com o conhecimento que poderá adquirir, ajudando-o de alguma forma na prática desportiva, que notoriamente precisa.

Por último, não deixamos de dar os parabéns aos nossos adversários, tal como fizemos no jogo contra o SL Benfica, pelo que damos os nossos parabéns ao FC Porto, que marcou mais golos do que a nossa equipa e teve mais sucesso no resultado."