Tribuna Expresso

Perfil

Futebol nacional

Nos onzes para o clássico, as surpresas estão nas laterais

Repetir uma surpresa, e aumentá-la, parece ser a estratégia de Sérgio Conceição, que só faz uma alteração à equipa que venceu no Mónaco. No Sporting, só mudou uma coisa porque o físico do senhor que costuma jogar à esquerda da defesa não dá para tudo, nem para este clássico

Diogo Pombo

VALERY HACHE

Partilhar

O cansaço de ter andado uma hora e meia a correr atrás de uma bola que foi do Barcelona tem consequências e os jogadores do Sporting, na quarta-feira, acabaram o jogo "praticamente mortos", como disse Bruno Fernandes. Não deve ser fácil, mas todos recuperaram as pernas a tempo de jogarem, hoje, contra o FC Porto.

Ou quase todos.

Fábio Coentrão, o lateral esquerdo que Jorge Jesus anda a gerir com pinças por, a época passada, ter tido mais lesões do que minutos no Real Madrid, não joga esta clássico e nem no banco e suplentes estará. No seu lugar haverá Jonathan Silva.

Sporting: Rui Patrício; Piccini, Coates, Mathieu e Jonathan Silva; William Carvalho, Battaglia, Gelson Martins e Acuña; Bruno Fernandes e Bas Dost.

Quanto aos portistas visitantes, Sérgio Conceição só pode ter gostado do que viu, na terça-feira, no Mónaco, onde venceu (3-0) para a Liga dos Campeões com Hector Herrera a meio campo e, sobretudo, Sérgio Oliveira, alguém que ainda não tinha jogado um minuto esta temporada.

Ambos se mantêm na equipa, um par de surpresas reforçadas que não chega para ser maior do a surpreendente presença de Miguel Layún na direita da defesa - algo se deve ter passado com Ricardo Pereira, que nem no banco de suplentes está.

FC Porto: Iker Casillas; Miguel Layún, Felipe, Iván Marcano e Alex Telles; Danilo, Herrera e Sérgio Oliveira; Brahimi; Marega e Aboubakar.

Acompanhe o clássico AQUI, em direto, na Tribuna Expresso, a partir das 19h15.